Bicicross é ouro, prata e bronze no Mundial de Baku – Azerbaijão e o Brasil se posiciona em 5º lugar no ranking

Numa demonstração de que a modalidade esportiva Bicicross, que congrega pilotos de ambos os sexos, desde a tenra idade até o limite da capacidade física de cada um, a cada dia que passa se firma como a que mais títulos internacionais vem conquistando para o Brasil, brilhou no Campeonato Mundial de 2018, realizado em Baku – Azerbaijão que ontem se encerrou.

Os pilotos brasileiros com as colocações neste mundial, posicionaram o
Brasil em quinto lugar na classificação geral, dado computado após a última
conquista ontem pelo piloto Anderson Ezequiel, da categoria Elite Men, a
principal da modalidade que subiu ao terceiro degrau do pódio.

O piloto Kleber Santos, membro da Confederação Brasileira de Bicicross,
natural da cidade de São Bento do Sapucaí- SP e que já fez parte da Equipe
de BMX de Campos do Jordão, enviou a este colunista a relação dos pilotos
brasileiros que participaram do Mundial e conquistaram, respectivamente, as
seguintes posições, elevando nos degraus do pódio o nome do Brasil.

São eles:

Campeões: Felippi Gonçalves cruizer 17/24 anos e Lucas Darriba boys 8 anos.
Vice Campeão:Tiago Machado cruizer 15/16 anos, Lucas Zimmnermann boys 12
anos, bem como na cruizer.  Terceira Colocação: Anderson Ezequiel elite men,
Matheus Póvoas men 25/29 anos, Gustavo Mesquita cruizer 30/34 anos, Thales
Schuler boys 12 anos.  Quarta Colocação: Murilo Arcuri boys 10 anos.  Quinta
Colocação: Felippi Gonçalves men 17/24 anos.  Sexta Colocação: Paulo Moreira
cruizer 40/44 anos.  Sétima Colocação: Fernanda Maciel woman cruizer 30/39
anos, Maico da Luz men 30/34 anos.

O Bicicross de Campos do Jordão parabeniza a todos os pilotos pela
participação e conquistas bem como às Prefeituras, aos clubes, associações e
equipes, em especial, pelo apoio e incentivo que vem dando ao Bicicross,
embora desta vez o Bicicross de Campos do Jordão, não teve oportunidade de
enviar pilotos representantes, como tem ocorrido em outras ocasiões, porém,
vem se posicionando entre os melhores em provas oficiais aqui no Brasil,
numa demonstração de que a cada dia que passa vem se firmando como a mais
importante modalidade esportiva e que é realmente a que mais títulos em
provas oficiais, tais como Regionais, Estadual e Nacional vem conquistando
para a nossa cidade.

Já um dos mais antigos pilotos jordanenses, José Alberto Pereira “Feijão” assim se manifestou nas redes sociais sobre a conquista do piloto ANDERSON EZEQQUIEL, da ELITE MEN, no Mundial 2018:

“Coisa linda de se ver !!!. Ver um Brasileiro ficar entre os 3 melhores do
Mundo na principal categoria do BMX, fato inédito na história do BMX
brasileiro, fruto de muito trabalho em uma parceria entre @dibmx1 e
@asouza380 =W3@São Paulo, Brasil”.

Foto – Fonte: publicada nas redes sociais

This post will expire on Sunday June 17th, 2018 – 4:52pm.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!