Livros de Escritores Jordanenses chegam às bibliotecas de Lisboa

Biblioteca Nacional de Portugal
Biblioteca Nacional de Portugal

Livros dos escritores jordanenses Maria José Ávila, Benilson Toniolo e Adriana Harger fazem parte agora do acervo de quatro bibliotecas de Lisboa. A maior, mais antiga e mais importante delas é a Biblioteca Nacional de Portugal. Fundada há 200 anos, seus mais de 2 milhões de títulos são consultados por mais de 40.000 leitores todos os anos. Mas os livros dos autores jordanenses também estão presentes em três unidades da rede de bibliotecas municipais de Lisboa. A Biblioteca Camões, no bairro do Chiado, é uma das mais movimentadas da cidade. Os livros estarão em boa companhia: a poucas quadras dali fica a casa onde nasceu o poeta Fernando Pessoa. A Biblioteca dos Coruchéus, no bairro do Alvalade, é a mais recente de todas. Outra biblioteca é a de Belém – deste emblemático e histórico bairro partiam as caravelas no período das grandes navegações, como a frota de Vasco da Gama e a de Pedro Álvares Cabral rumo ao Brasil. A divulgação dos escritores jordanenses em Portugal, com a entrega dos livros nas bibliotecas lisboetas, foi uma iniciativa dos Amigos da Biblioteca de Campos do Jordão (ABCJ) .

 

A Biblioteca de Belém
A Biblioteca de Belém, no histórico bairro de Lisboa

Curta a pagina dos Amigos da Biblioteca de Campos do Jordão no Facebook

Leia também o especial: Bibliotecas de Campos do Jordão.

 

 

This post will expire on Wednesday January 20th, 2016 – 9:50pm.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!