Sans Souci: um passeio sem preocupações em Campos do Jordão

O prédio parece um castelo. Em frente, o gramado verdinho contrasta com o colorido dos enfeites que decoram as bicicletas posicionadas no jardim. As paredes tomadas por trepadeiras dão um charme à arquitetura imponente que chama a atenção de quem passa na avenida principal de Campos do Jordão. Assim é o Sans Souci, um restaurante em Campos do jordão cujo nome em francês significa “sem preocupações”. Nunca um nome fez tanto sentido a um espaço que não é apenas comercial, mas um ponto de encontro da família inteira.

O Sans Souci é a prova de que Campos do Jordão não resume-se apenas a vila Capivari. Claro que o mais famoso cartão de visitas da estância é o endereço mais procurado, principalmente no inverno, época da badalação. Mas o café e bistrô criado pelo empresário Lélio Gomes e sua esposa, Paula Padovan, prova que as atrações da cidade também estão por toda a estância. Essa descentralização (o Sans Souci fica a 2 quilômetros de Capivari, próximo ao Grande Hotel Senac) é apenas uma das inovações do lugar.

No Sans Souci, comprar também é uma delícia!

Imagine uma loja integrada com um restaurante. O Sans Souci é assim! As mesas são dispostas no mesmo ambiente da Maison Geneve, tradicional grife de Campos do Jordão que fabrica roupas de tricô com bordados exclusivos e de forma artesanal. Lélio Gomes percebeu que os maridos ficavam impacientes enquanto as esposas faziam compras. “Isso foi há 5 anos. Então resolvi montar aqui um café e uma confeitaria. A intenção era acalmar os maridos. Revistas de lazer e entretenimento também ficam à disposição”.

São 12 tipos de expressos e cinco de bebidas geladas, claro, todas com café! Já as delícias que aguçam o paladar feitas por uma confeiteira portuguesa, vão desde bolos até croissants. O Mil Folhas é um dos destaques entre as 19 opções no cardápio da confeitaria.

A ideia deu tão certo que dois anos mais tarde surgiu o bistrô. “Foi durante uma viagem a Milão. Eu e a Paula vimos algo semelhante que serviu de inspiração”, conta o empresário. Já Paula Padovan tinha receio de que o cheiro de comida passasse para as roupas. “Havia essa preocupação, mas o moderno sistema de exaustão instalado na cozinha evitou o problema”. Hoje a gastronomia e as peças em tricô convivem harmoniosamente.

Uma cozinha autoral que valoriza produtos da Mantiqueira

Formado em Gastronomia pelo Hotel Escola Senac de Campos do Jordão, Thiago Fegies rodou o mundo antes de assumir a cozinha do Sans Souci. Trabalhou 7 meses no cruzeiro marítimo da Disney; ficou um ano e meio no Grand Hyatt Hotel, em São Paulo; cozinhou também por um ano e meio no restaurante Charleston, na Carolina do Sul, nos Estados Unidos; fez estágio de três semanas em um hotel no sul da França e por 5 anos foi chef do Hotel das Cataratas, em Foz do Iguaçu, no Paraná.

Depois de 11 anos adquirindo experiência internacional, Thiago Fegies aceitou o convite para assinar o cardápio do Sans Souci. No menu do Bistrô estão 18 delícias desde a entrada até a sobremesa. O conceito é o de slow food, que valoriza produtos regionais destacando a qualidade e a naturalidade da produção. É um movimento que une o prazer da gastronomia com a consciência e responsabilidade com o meio ambiente.

No Sans Souci, os ingredientes dos pratos são fresquinhos produzidos no sul de Minas Gerais e na Serra da Mantiqueira. “O queijo de cabra, por exemplo, vem de Santo Antônio do Pinhal, onde é feito artesanalmente”, ressalta Thiago Fegies. Ele cita o couver de entrada como um dos destaques. “Os pães são feitos com fermentação natural, a frio, sem fermentos químicos e biológicos. A manteiga é composta com cinco sabores, entre eles frutas vermelhas, limão siciliano e café.”

Dos pratos principais, a sugestão do chef é a truta grelhada com molho de laranja e purê de batata doce. Custa R$ 89 reais individual e R$ 62 reais meia porção. E olha, serve muito bem! Outro campeão de pedidos é a mogica de peixe, prato típico do pantanal. O preço é o mesmo da truta grelhada. Pode ter certeza que todas as receitas satisfazem os mais variados paladares e proporcionam uma experiência gastronômica inesquecível.

No Sans Souci, em Campos do Jordão, até a música é personalizada.

Ao entrar no bistrô, clássicos franceses dão as boas-vindas. São músicas suaves que tornam o ambiente ainda mais agradável e acolhedor. O Sans Souci tem uma rádio própria, que toca também outros ritmos, como música popular brasileira. O estilo musical não foi definido aleatoriamente. “Contratamos uma empresa especializada que analisou o perfil do nosso cliente e com base nessas informações elaboramos o repertório e criamos uma rádio exclusiva”, explica Lélio Gomes. “Após algumas músicas, um locutor anuncia as canções”. Tudo está gravado em vinhetas.

Mas há momentos em que a rádio sai do ar. Mas acalme-se! É somente uma pausa. Dentro da loja há um piano, que não serve apenas como peça decorativa. Ele fica à disposição de quem souber tocar. Não raro pessoas comuns exibem seus talentos extraindo do teclado peças eruditas ou populares. É mais uma inovação do Sans Souci, onde o cliente também faz a trilha sonora.

Ponto turístico e cenário romântico para casais em Campos do Jordão

A decoração exclusiva é a cereja do bolo nesta combinação inusitada entre loja, café, confeitaria e bistrô onde o chocolate aquece até o coração. E não é só isso! Os pés das cadeiras são vestidos com polainas e meias de lã. Do lado de fora, as árvores também tiveram os troncos literalmente agasalhados! E os arranjos das mesas, de tão delicados, são verdadeiras peças de artesanato feitas pessoalmente pela Paula Padovan.“Minha intenção é surpreender os clientes e fazer com que eles gostem de ficar aqui.”

O carinho e cuidado que a Paula tem com a apresentação transformaram o Sans Souci em um ponto turístico. De tão belo, o lugar já foi incorporado à paisagem de Campos do Jordão. A pé ou de carro é impossível passar despercebido. Seja durante o dia ou no período noturno, as imagens encantam e até já viraram cenário para histórias de amor! Frequentemente o Sans Souci torna-se moldura para ensaios fotográficos de casais apaixonados.

Em Campos do Jordão, a única preocupação é não deixar o Sans Souci fora do seu roteiro de passeios. Aberto de terça a sexta-feira das 12h às 16h para almoço. De quinta a sábado, para almoço e jantar a partir das 19h. E aos domingos, somente para o almoço.

 


 

Em Campos do Jordão

Para comer, comprar e amar:

Sans Souci
Bistrô – 
Café – Confeitaria

Cafés, croissants e doces artesanais, além de comida de bistrô,
em ambiente requintado com toque francês.

Av. Dr. Januário Miraglia, 3260 – Campos do Jordão – SP
Chegue com o Google Maps

Para hospedar-se num pedaço do paraíso:

Hotel Toriba
Estar no Toriba faz bem

Um estado do espírito, uma atmosfera,
uma paixão.

Av. Ernesto Diederichsen, 2962 – Campos do Jordão
Chegue com o Google Maps

 

 

This post will expire on Wednesday December 11th, 2019 – 9:24pm.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Jornalista. Um incansável contador de histórias!