logotipo.gif (20199 bytes)

 

BICICROSS – SUA ORIGEM, SUA HISTÓRIA

José Gonçalves *

 

 

 UM POUCO DA HISTÓRIA:

             Foi em 1969, na cidade de Santa Mônica (EUA), que surgiu o bicicross através de um grupo de adolescentes que se reuniam e tentavam fazer com suas bikes  as mesmas manobras que os pilotos de motocross faziam.

            Muitas são as histórias que falam sobre a origem do bicicross no Brasil. Assim sendo,revendo alguns escritos constatamos que  Orlando Camacho em 3 de julho de 1978, foi convidado pela Monark Racing do Brasil, na América do Sul a implantar o Bicicross no Brasil,também conhecido por BMX. Foi aí que surgiram as primeiras bicicletas modelo aro 20 circulando pelas ruas e avenidas. Estava iniciando a modalidade esportiva  radical que perdura até nossos dias . Inicialmente praticava-se o bicicross em rampas de madeira,em praças e escolas e segundo consta foi em Guarujá-SP. Posteriormente, inaugurava-se a 1º pista de bicicross com o patrocínio da Monark na Marginal Pinheiros,na Capital Paulista.Surgia aí a primeira equipe de pilotos de bicicross formada por: Formiga,Meio Kilo, Oklinhos, Niltão, Pedrão e Erwin entre outros. Essa mesma empresa, a Monark , em Junho de 1984 , construiu uma pista e organizou a primeira prova de bicicross em Campos do Jordão-SP,cidade em condições climáticas ideais para a prática desse esporte..

            O bicicross tem sido, ao longo dos tempos, o esporte preferido pela garotada, aparecendo em programas de televisão e com transmissão ao vivo,durante uma certa época, e hoje possui vários sites na internet,  mas, um dos momentos mais marcantes de sua história foi em l982, quando do lançamento do filme ET-O Extraterrestre” ocasião em que o produtor Steven Spilberg colocou uma turma de garotos fazendo peripécias com suas bikes aro 20 ,deixando meninos  e meninas da época alucinados em adquirir uma bicicleta e imitar os personagens do filme.    Essa modalidade esportiva possui um organismo internacional a UCI, no Brasil temos a Confederação Brasileira de Bicicross e no Estado de São Paulo a Federação Paulista de Bicicross, atualmente dirigida por Eduardo Campos – Oklinhos, um dos pioneiros do bicicross no Brasil. 

            É, sem dúvida um dos esportes radicais mais emocionantes e que aglutina grande número de adeptos cuja faixa etária varia de 5 anos até a idade limite da capacidade física dos pilotos de ambos os sexos. O bicicross está prestes a ser classificado como uma modalidade esportiva olímpica.

 

CAMPOS DO JORDÃO – 18 ANOS DE BICICROSS, SUA ORIGEM, SUA HISTÓRIA

 

Um dos nomes que ficará para sempre lembrado na história do Bicicross de Campos do Jordão é sem dúvida o de José Correia Cintra, como o incentivador pioneiro do bicicross jordanense.

 

Autoridades Municipais presentes na inauguração da pista de
Campos do Jordão em junho de 1984.

Ao microfone José Correia Cintra, incentivador

pioneiro do Bicicross.

            Apesar de ter se iniciado em nossa cidade em junho de 1984, quando aqui se construiu a pista de bicicross na época considerada uma das melhores Brasil, o bicicross jordanense tomou grande impulso realmente a partir de 25 de Janeiro de 1995 com a fundação do Campos do Jordão Bike Clube , formando-se a primeira equipe de pilotos filiada à  Federação Paulista de Bicicross,e ficando a sua primeira diretoria  assim constituída: Presidente-Luiz Carlos Freire de Carvalho Santos,Vice Presidente- Hélio Abel da Silva, Tesoureiro- Cristiano Luiz Pinto, Secretário- Francisco Honório da Silva, cabendo ao associado José Gonçalves o cargo de Coordenador Administrativo.A primeira equipe de bicicross de Campos do Jordão ,denominada  SP-50 , participou de provas regionais, filiada a equipe de São José dos Campos e de Jacareí. Posteriormente uma equipe sob a denominação  Equipe de Bicicross- Campos do Jordão esteve filiada ao Caçapava Bicicross Clube. O bicicross de Campos do Jordão deve muito a esse Clube. Nossos agradecimentos ao então Presidente  Pedro Botan e dna Lourdes, que em muito incentivaram nossos atletas, estimulando-nos a continuar apoiando os valorosos pilotos da época. A primeira equipe filiada ao Campos do Jordão Bike Clube, ficou assim constituída: 

 

 

JOSÉ DA CRUZ FERREIRA JÚNIOR - EVERTON DOUGLAS DA SILVA-RODRIGO MOURA DA SILVA GONÇALVES -  RUY MARCONDES LEMOS JUNIOR - ANDRÉ ROSA DA SILVA-   DOUGLAS LUÍZ MOREIRA  -FERNANDO JACOB  DO NASCIMENTO FILHO-FRANKLIN BEZERRA DA ROCHA-MÁRCIO JULIANO PEREIRA ANDRÉ LUÍZ BIAGIONI JÚNIOR-EDUARDO GONÇALVES-JOSÉ ALBERTO PEREIRA-HEKTOR GABRIEL ALEIXO-EVERTON LEMOS DA ROSA-RICARDO MOREIRA VIDAL DE FRANÇA-ROBSON FERNANDO DE CASTRO-ALÉX AMÉRICO ARLINDO-RODOLFO MARCONDES DE LEMOS-RONALDO MARQUES DA SILVA-CARINA RODRIGUES DE FREITAS

Vista geral da pista em 1984, registrando
grande presença de público

Integrantes da equipe Monark que promoveu o evento

 

NOSSOS PILOTOS, SUAS CONQUISTAS

      Ao longo desses dezoito anos, nossos pilotos , em suas respectivas categorias, conquistaram inúmeros troféus e medalhas em provas do Regional, Estadual, Nacional e Internacional: Abílio Gonçalves Neto, Campeão da Taça Monark (l984) : José da Cruz Ferreira Junior, 4º no Regional (1991),Campeão da Taça Campeão dos Campeões (l991), Campeão da Taça Confraternização (1992), Campeão Paulista (1992), Vice Campeão Paulista (1994), Vice Campeão Paulistano (1994) 4º  Colocado no Sul-Americano (1995)  Everton Douglas da Silva, Campeão Regional (1991), Campeão dos Campeões, (1991)Campeão da Taça Confraternização (1992) Rodrigo Moura da Silva Gonçalves,Campeão dos Campeões (1992), Campeão da Taça Beneficente (1992), 2º Colocado em Etapa do Regional (1992), 5º colocado na Taça Pão de Açúcar,no Guarujá (1994), 3º colocado em etapa do Brasileiro (1995); Ruy Marcondes Lemos Junior, Vice Campeão Paulista (1994), André Biagioni Junior, 3º  colocado na Taça Paturis (1996)  Hector Aleixo, 3º colocado na Taça Paturis (1996)-Ricardo Moreira Vital França, 3º colocado Paulista (l995).

 

NOVA GERAÇÃO DE PILOTOS

Neste ano de 2002  o Campos do Jordão Bike Clube, filiado à Federação Paulista de Bicicross, inscreveu os seguintes pilotos, junto à Federação Paulista de Bicicross e à Confederação Brasileira de Bicicross, habilitando-os a participarem de provas do Regional,Estadual , Nacional e Internacionais:

 

Na Confederação Brasileira de Bicicross:

Fabrício Aoki - Paulo Henrique Barbosa Lourenço

 

 

Na Federação Paulista de Bicicross:

Fabrício Aoki - Douglass Ribeiro Cabral Fagundes - Fernando Rodolfo da Silva - Rafael dos Santos - Gerson Bento dos Santos - Paulo Henrique Barbosa Lourenço - João Henrique Narcizo de Araújo - Thiago Henrique Nacario Reis - Luiz Flávio Lins - Antonio Arnaldo Berthoud - Rodolfo Reis da Costa - Nicolas Haeberlin Stahel - Jessé Leonardo dos Santos

 

PISTA DE BICICROSS – UM SONHO PERTO DA REALIDADE

 

            Um dia, tivemos uma pista de bicicross em nossa cidade, posteriormente demolida. Mesmo assim, nossos pilotos, sem oportunidade de treino, souberam tão bem representar Campos do Jordão em terras além fronteiras, desfraldando a bandeira jordanense em regiões distantes.

            O bicicross esteve no Rio Grande do Sul, em São Leopoldo, Sapiranga e Campo Bom; no Paraná, em Santo Antônio do Suldoeste; em Goiás, na cidade de Goiânia; no estado de Minas Gerais, em Poços de Caldas, e no Estado de São Paulo, na Capital, em Caçapava, Jacareí, São José dos Campos, Carapicuíba, Salto, Sorocaba, Americana, Campinas, Guarulhos e Guarujá, participando com brilhantismo e garra em provas do Sul-Americano, Brasileiro, Paulista, Paulistano, Regional e Provas promocionais.

            Muitas foram as conquistas, dentre as quais, o quarto lugar no Sul-Americano, Campeão Paulista, Campeão Regional, Vice Campeão Paulista, Vice Campeão Paulistano, destaque na prova do Pão de Açúcar no Guarujá e Provas Paturi em São Paulo. Várias vezes nossos pilotos figuraram em suas categorias             entre os melhores do ano, tanto individualmente como por equipe ou clube. A eles devemos as glórias das conquistas de tantos troféus e  medalhas, subindo ao pódio e elevando bem alto o nome esportivo de Campos do Jordão.

            Hoje, o sonho de voltarmos a ter uma pista de bicicross está perto da realidade, méritos, sem dúvida dos pilotos, do trabalho da diretoria do Campos do Jordão Bike Clube, tão bem dirigido pelo dinâmico esportista e presidente Luiz Carvalho Freire de Carvalho Santos, o “Carioca”, da compreensão e da visão de  todos voltada para o esporte ,dando oportunidade a  nossa juventude de mostrar sua força e amor por esta terra que tanto amamos. Sòmente com uma pista de bicicross nós, jordanenses, poderemos, ver realmente    o quanto esses jovens são capazes e porque são reconhecidos e aplaudidos lá fora.              

 

MENSAGEM

“Bicicross, esporte radical da era moderna, que se pratica em circuito fechado, com a presença emocionante de um público que vibra e alegra o espetáculo. Esporte que mexe com a platéia, dispara o coração dos pilotos e faz subir a adrenalina dos pais.”

(José Gonçalves- 25.01.1995 )

 

 

O BICICROSS ESTÁ NAS ALTURAS

 

CAMPOS DO JORDÃO

1 700 METROS ACIMA DAS PREOCUPAÇÕES

Plinio Freire de Sá Campello - Publicitário

 

Seja sócio colaborador do clube mais alto do Brasil.

 

Campos do Jordão Bike Clube

bikeclube@guiacampos.com

 

 

CAMPOS DO JORDÃO BIKE CLUBE  -  Sede Administrativa: Rua Maurílio Comóglio,125  - Caixa Postal  10 – Parque dos Cedros – Vila Abernéssia – Campos do Jordão – SP-  CEP  12 460 000 – CNPJ  01 061 791 / 0001-22    -    PESSOA JURÍDICA  448 – FLS.- 156 – LV. A-1   -   SITE  www.guiacampos.com/bikeclube    -  e-mail  bikeclube@guiacampos.com   -

 

links relacionados : www.guiacampos.com/jgsports - www.fpbx.com.br

 

* José Gonçalves, 59 é colunista esportivo deste 1993, possui o site na Internet www.guiacampos.com/jgsports e  exerce a função de Coordenador Administrativo  do Campos do Jordão Bike Clube, desde a sua fundação.