Bibliotecas de Campos do Jordão – Criança e livro, a dupla inseparável na Escola Rural do Bairro da Campista.

Na foto, da esquerda para a direita, as professoras Lilian Terezinha da Silva, Iara Silveira Barbosa (Diretora das Escolas Rurais de Campos do Jordão), Karen Danieli Uribbe de Castro e Tatiana Regiane Souza de Carvalho: dedicação aos alunos e à leitura na Escola Rural do Bairro da Campista

Uma escola onde ler e aprender estão sempre de mãos dadas

A longa estrada do Campista esconde, em suas muitas curvas, um lugar onde a educação, como uma vista que se descortina sobre os campos, está em harmonia natural com a história de vida de cada aluno, que é reconhecida e respeitada. Uma escola que é quase uma casa, onde toda criança tem livros literalmente ao alcance das mãos.

Era a Semana da Criança e as aulas normais abriram caminho para atividades mais lúdicas. Quando chegamos, a primeira visão foi a de um mundo ideal – crianças brincando em uma área de recreio modelo, em contato com a natureza, cercadas pela paisagem que é delas desde que vieram ao mundo.

As crianças se divertem na área externa da escola durante a Semana da Criança
As crianças se divertem na área externa da escola durante a Semana da Criança
Que delicia começar o dia assim na escola!
Que delicia começar o dia assim na escola!

A Escola Rural do Bairro da Campista acolhe 37 estudantes. Trinta e sete pessoas que vão portar, ao longo de suas existências, as boas lembranças e uma sólida base de conduta baseada no respeito, atenção e compreensão.

São apenas três salas de aula, uma delas dedicada a crianças menores e as outras duas, multi-seriadas, para alunos do 1º ao 5º ano. A escola não tem uma biblioteca, mas três pequenas “bibliotecas”, uma em cada sala, com os livros adequados para cada faixa etária. Imagine fazer parte de um grupo nos quais a sensação é que os livros lhe pertencem, que eles são “seus”, que podem ser lidos e relidos a qualquer dia e momento.

Os livros da sala da professora Lilian são direcionados aos alunos do 3º ao 5º ano
Os livros da sala da professora Lilian são direcionados aos alunos do 3º ao 5º ano

O acervo total da escola é de 1900 títulos didáticos, paradidáticos e de leitura. Cada sala tem sua estante própria e sua atividade específica de leitura. As aulas da professora Lilian Terezinha da Silva, para crianças do 3º ao 5º ano, começam, todas as manhãs, com leitura compartilhada. Uma atividade breve, mas constante e, acima de tudo, prazerosa.

A professora Tatiana e a estante com livros para alunos do 1º ao 3º ano
A professora Tatiana e a estante com livros para alunos do 1º e 2° anos

Os alunos da professora Tatiana Regiane Souza de Carvalho, que cursam do 1º e 2° anos, também leem. Porém, por estarem ainda em uma fase inicial de alfabetização, de uma forma um pouco mais interativa, na qual a professora acompanha a leitura com perguntas e comentários.

A professora Karen e os livros voltados para crianças menores
A professora Karen e os livros voltados para crianças menores

E os alunos menores da professora Karen Danieli Uribbe de Castro, com idades a partir dos 3 anos, manuseiam livros com figuras e também utilizam apostilas.

Os livros da coleção são atuais, atraentes, renovados com regularidade, estão em ótimo estado de conservação e podem ser lidos na escola ou levados para casa. Ou seja, é um pedacinho da boa experiência escolar que penetra em toda casa onde há uma criança neste bairro afastado da área central de Campos do Jordão.

 

As crianças da escola moram nas redondezas, apenas duas vivem um pouco mais distante, mas sem necessidade de transporte escolar porque a caminhada é breve. A escola funciona exclusivamente no período da manhã, das 7:30 às 12 horas. Logo na chegada é servido o café da manhã, mais tarde o lanche e, antes de sair, o almoço preparado, com supervisão de uma nutricionista, pela alegre e animada Dona Diva. Além das professoras permanentes, a escola recebe semanalmente o reforço da presença de professores especialistas de Artes, Inglês e Educação Física e quinzenalmente a visita de uma psicopedagoga.

O teatro de marionetes na sala da professora Karen
O teatro de marionetes na sala da professora Karen

Tudo é supervisionado cuidadosamente pela professora Iara Silveira Barbosa, Diretora das Escolas Rurais de Campos do Jordão. Mesmo com o excelente trabalho realizado, a professora Iara, corretamente, quer fazer ainda mais e melhor e está em busca de projetos parceiros de leitura para as crianças e de integração social com a comunidade, também no campo da leitura.

 

A Escola Rural da Campista surpreende positivamente qualquer visitante. A forma de incentivo à leitura proporcionada por suas “bibliotecas” é exemplar e uma referência em Campos do Jordão. Que sorte a do futuro, que daqui a alguns anos receberá em seus braços aqueles que um dia foram crianças e alunos desta escola recheada de vida e de livros.

 

 

Curta a pagina dos Amigos da Biblioteca de Campos do Jordão no Facebook

Carlos Abreu é do grupo ABCJ – Amigos da Biblioteca de Campos do Jordão, é membro efetivo da Academia de Letras de Campos do Jordão e vice-presidente da AMECampos
Carlos Abreu é do grupo ABCJ – Amigos da Biblioteca de Campos do Jordão, é membro efetivo da Academia de Letras de Campos do Jordão e vice-presidente da AMECampos

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Leave a Comment