Futebol uma paixão sempre atravessando gerações

Campos do Jordão Futebol Clube Bi Campeã Jordanense de 1948


É gratificante para todos nós recordar grandes feitos de nossos atletas das mais diversas modalidades, dentre elas o futebol.

Esse esporte sem dúvida tem sido um dos grandes responsáveis por memoráveis momentos e seus dedicados atletas deixaram para a história feitos grandiosos, cujas gerações que se sucederam e que haverão de se suceder, jamais devem esquecer.

Hoje queremos lembrar daqueles que integraram uma equipe de futebol que no longínquo ano de 1948, portanto, há setenta anos atrás, viveram as emoções desse esporte bretão e por isso, merecem figurar nos anais da História de Momentos de Glória do Nosso Esporte.

Estamos nos referindo à vitoriosa equipe Bi Campeã Jordanense de 1948 do Campos do Jordão Futebol Clube, cuja foto nos traz gratas recordações e saudades e era formada por: Victor Adão, Manoel Esteves – o popular “Manoel Cabaça”, Berto, José do Antenor, Bulduega, Darci, Cornélio Luiz Queiroz – o popular “Corintiano”, Marungo, Silvestre Bissoli, Adelino e José Bernardino.

Não podemos deixar de fazer um comentário à parte de que um dos integrantes dessa gloriosa equipe, o Manoel Augusto Esteves – o popular “Manoel Cabaça”, segundo relato feito pelo meu amigo Benilson Toniolo, Secretário de Cultura de Campos do Jordão em sua mensagem nas redes sociais, fez referência a ele nos seguintes termos:  “ O DIA 21 DE MARÇO NA HISTÓRIA DE CAMPOS DO JORDÃO ( alguns apontamentos ) – 1920  Nasce em São Paulo Manoel Augusto Esteves, atleta de Campos do Jordão e galardoado como “Desportista do Século em Campos do Jordão”, no ano do Centenário da Cidade em 1974, pai da Secretária de Educação, Marta Esteves.”

Este colunista não poderia se omitir em mencionar que sente-se honrado em relatar que faz parte dessa gloriosa equipe que aparece na foto, pertencente ao seu acervo fotográfico, cedida que foi por Paulo Antenor de Souza “ Viola “, outro Emérito Esportista Jordanense, os atletas: José do Antenor e  Cornélio Luiz Queiroz, sendo  José do Antenor, pai de minha mulher Maria Lúcia da Silva Gonçalves e Cornélio Luiz Queiroz,  bem como o Paulo Antenor Souza “Viola”, tios.

Esta matéria foi publicada por este colunista no Jornal Impacto Vale News no ano de 1998.

This post will expire on Monday April 16th, 2018 – 8:13pm.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!