Parque dos Cedros – Campos do Jordão

Localizado Abernessia, centro comercial da cidade, o Parque dos Cedros é uma área de lazer que conta com pista de caminhada entre os Cedros, árvores que lhe dão o nome, playground, banco para descanso com mesinhas para lanche ou jogos como damas ou xadrez.

O parque data da década de 1910 e já se chamou Parque São Francisco.

Após uma necessária obra de revitalização, o espaço foi entregue para população em julho de 2015.

O espaço abriga ainda as Sedes do Grupo Escoteiro Oyaguara e da ACE – Associação Comercial e Empresarial de Campos do Jordão.

História do Parque dos Cedros

Segundo José Gonçalves, morador vizinho ao Parque:

“A área pertencia à Geremias Lunardelli, antigo proprietário da atual Chácara Campos do Jordão, hoje de herdeiros de Jayme Watt Longo, vizinha ao Parque. Geremias a transferiu para a Sra. Gessy Loeb. Inicialmente denominado Parque Gessy Loeb, posteriormente Parque dos Cedros e durante um certo período Parque São Francisco, voltando a se chamar Parque dos Cedros. Durante muitos anos foi local de lazer e pratica esportiva, cercada, com brinquedos e espaço para caminhadas. Me lembro muito bem dos monitores, Sr. Toninho Guedes, Dna Antonia, carinhosamente chamada de “Dna Antônia do Parque”, Cristina Rios e o Sr. Jagobo. Por um bom tempo o Parque ficou abandonado à merce de vândalos, ponto de drogas e atos imorais.”

O Abraço da população que mudou o destino do Parque dos Cedros

Abraço ao Parque dos Cedros em 2012 - Foto Tadeu Sales
Abraço ao Parque dos Cedros em 2012 – Foto Tadeu Sales

Foi em 2012, sob liderança dos Escoteiros e com apoio da AMECampos – Assoc. dos Amigos de Campos do Jordão entre outras organizações, escolas e até mesmo órgãos públicos que a população resolveu se manifestar e literalmente abraçou o Parque dos Cedros. A ação chamou atenção da imprensa que repercutiu o caso, o movimento também chamou atenção do Ministério Público que resolveu embargar as obras que aconteciam no Parque, que havia sido literalmente loteado e repartido entre entidades da cidade para que construíssem suas sedes, algumas dessas entidades notadamente não tinham a menor condição de erguer essas construções.

Em 2014 a Câmara dos Vereadores aprovou o projeto de autoria do poder executivo que revogou as cessões de espaço que haviam sido feitas, o que possibilitou à Prefeitura iniciar o processo de revitalização. Após todos tramites legais as obras finalmente tiveram inicio em maio de 2015.

A revitalização foi realizada, com recursos do Governo do Estado de São Paulo, oriundo do DADE – Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias, verba que segundo a Assessoria de Imprensa da Prefeitura todas as Estâncias têm garantida pela Constituição Estadual, é uma verba específica para projetos de fomento. O DADE – Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias, recebe os projetos, avalia a sua viabilidade e formaliza o convênio.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Fundador do Guiacampos.com, apaixonado por Campos do Jordão.

Leave a Comment