​Festa do Pinhão e da Cerejeira em Flor  serão reconhecidas como patrimônio imaterial de Campos do Jordão

“É através de iniciativas como estas que a cultura de uma cidade se sente reconhecida e fortalecida” diz Suzana Reis, Presidente do Conselho Municipal de Politicas Culturais de Campos do Jordão

Desde 2013, a Prefeitura vem dando continuidade ao trabalho de revitalização e preservação das festas tradicionais e populares da Cidade. Agora um novo passo será dado: por meio do Instituto do Patrimônio Histórico -IPHAC- e da Secretaria Municipal de Cultura, foi aberto processo de Tombamento Imaterial da Festa do Pinhão e da Festa da Cerejeira em Flor.

Festa do Pinhão de Campos do Jordão

28058449_1542644272478935_2323538017469536284_n
Iguarias a base de Pinhão

Atualmente na sua 57ª edição, a Festa do Pinhão foi criada por iniciativa do então presidente do Lions Clube de Campos do Jordão, dr Fausto Bueno de Arruda Camargo, no ano de 1961. Hoje, a Festa do Pinhão é realizada pela Associação Comercial com apoio da Prefeitura e de empresários locais. Sua realização, neste ano, está prevista para ocorrer de 20 de abril a 01 de maio, na semana do aniversário da cidade.

Festa da Cerejeira em Flor de Campos do Jordão

A Festa da Cerejeira em Flor, criada por Mario Utyiama em 1969, é uma das principais e mais significativas festas da colônia japonesa na região, atraindo grande quantidade de turistas e se constituindo num dos principais atrativos turísticos da Cidade. É realizada pelo Sakura Home e conta também com apoio da Prefeitura e, neste ano, será realizada na segunda quinzena de julho.

Com os Tombamentos, A Prefeitura não somente reconhece a importância histórica dos eventos como também busca preservar, para a posteridade, a continuidade de duas das mais relevantes e autênticas manifestações culturais e artísticas de Campos do Jordão.

O que é Patrimônio Imaterial?

Patrimônio cultural imaterial (ou patrimônio cultural intangível) é uma concepção de patrimônio cultural que abrange as expressões culturais e as tradições que um grupo de indivíduos preserva em respeito da sua ancestralidade, para as gerações futuras. São exemplos de patrimônio imaterial: os saberes, os modos de fazer, as formas de expressão, celebrações, as festas e danças populares, lendas, músicas, costumes e outras tradições.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Fundador do Guiacampos.com, apaixonado por Campos do Jordão.