Após ser vendido, Hotel Orotour volta como ORT Hotel e promete experiência de luxo

Após ter sido vendido em maio passado para o publicitário paulista Fábio Burg, o Tradicional Orotour Garden Hotel de Campos do Jordão volta como ORT Hotel no próximo feriado da independência, prometendo experiencia de luxo.

Totalmente revitalizado, com mais elegância e sofisticação no estilo europeu que o caracteriza desde a década de 1940, o ORT Hotel conta com uma área de 21 mil m2, 61 quartos e 4 chalés, além de a sala de lareira, sala de leitura e espaço infantil com equipe de recreação.

SPA, piscina, sauna seca e úmida, campos de futebol, quadras de tênis e poliesportiva são outros atrativos do empreendimento. O amplo espaço verde repleto de jardins floridos e centenárias araucárias, considera a árvore símbolo de Campos do Jordão, é mais um convite para a prática de atividades ao ar livre, como trilhas, passeios de bicicleta e a cavalo, oferecidas aos hóspedes.

Outro ponto alto do Ort será a gastronomia. No sistema all-inclusive, o serviço é à la carte – somente café da manhã e buffet. E a gastronomia assinado pelo chef André Marques, o cardápio foi reformulado e segue a culinária europeia. Também é possível degustar inúmeras sugestões no coffee shop e bar.

Orotour Garden Hotel

Tendo sua construção iniciada em 1943 à vista da potencialidade turística de Campos do Jordão – SP, foi concluído apenas em 1979 para ser inaugurado em 1980.

This post will expire on Monday September 7th, 2020 – 11:47pm.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Fundador do Guiacampos.com, apaixonado por Campos do Jordão.