Bicicross, Taekwondo e Mountain Bike de Campos do Jordão, em dia banhado de ouro, prata e bronze

Atletas jordanenses sobem ao pódio em memoráveis conquistas

Para ficar registrado para a história do esporte jordanense, hoje foi um dia de glórias para as modalidades Bicicross, Taekwondo e Mountain Bike.

Nossos atletas conquistaram expressivas posições em prova nacional, estadual e regional.

BICICROSS – Participando da 6ª Etapa do Campeonato Paulista, na cidade de Poços de Caldas-MG, a Associação de Ciclismo de Campos do Jordão – BMX enviou delegação composta pelos pilotos Victor Conde, Rafael dos Santos Oliveira, José Alberto Pereira – Feijão, Carlos Henrique C. Pereira, Eliandro dos Santos de Aguiar, Davi de Oliveira Pinto, Denis Borges Alves, João Pedro do Amaral, Marcelo Santos de Carvalho, Marcos Urso Roberto, Renan Kauê M. da Conceição e Isabelle Milene M. da Conceição, sendo que nossos pilotos se posicionaram: Marcos Roberto Urso 1º, João Pedro 2º, Isabelle Milene 2º, Marcelo Carvalho 3º, Renan Kauê 3º, Rafael dos Santos Oliveira 4º, Denis Borges 4º, Victor Conde 6º e Davi de Oliveira 7º em suas respectivas categorias.

TAEKWONDO – Participando do Campeonato Brasileiro de Taekwondo, na cidade de João Pessoa – SE, os atletas:, Leandro Augusto – Ouro; André Rabelo – Prata e Rita Silva 4º lugar.

MOUNTAIN BIKE – Participando da Copa Vale realizada nesta manhã e tarde de domingo, aqui em Campos do Jordão, os pilotos: Embora não consegui contato com a assessoria de comunicação da Prova, foi informado pelo atleta Paulo Antenor de Souza Junior, por sinal filho de um dos grandes e renomados atletas do passado, hoje não mais praticando esportes devido a idade e seu estado de saúde, o querido Paulo Antenor de Souza “Violinha“: light sub 35 50 lugar Paulo Antenor de Souza Junior; Light sub 25, Thiago Magalhães, campeão, 1 lugar; Light sub 40, segundo lugar, Tarcísio Rabelo; Categoria dupla, pai e filho, Campeões Fábio e Mateus; Campeão categoria sub 40, Fábio Gonzales; Light 5 colocada da categoria Soft, Ana Valete; segundo lugar, categoria Pro sub 45, Anderson Castro; 5 lugar, categoria feminina Pró, Ana Lúcia Gonçalves; Light, categoria Junior, campeão, Gustavo Mazza- Vulgo Mazinha.

14349105_936895989776326_1066202832_n

 

Nota do editor:

“Está mais do que provado que nossos esportistas, não só das modalidades acima nomeadas, como também de outras, merecem mais apoio, incentivo e infra estrutura à altura.

O Bicicross, cujos pilotos não possuem pista para treino e até mesmo realização de provas em Campos do Jordão, embora sejam aplaudidos e reconhecidos, mas lá fora, pelas suas conquistas, desde o remoto ano de 1984, quando aqui foi realizada a Prova Monark em uma das primeiras pistas de BMX do Brasil que contou com a presença de renomados pilotos pioneiros e vários jordanenses, vem conquistando posições honrosas nas mais diversas provas regionais, estaduais, nacionais e internacionais, sempre subindo ao pódio entre os melhores, porém, estão “marginalizados” pelo Poder Público já há anos, manifestações nas redes sociais até mesmo recentemente, com cuja manifestação, embora, eu entenda que “marginalizados”, eles com certeza, não se enquadram nessa categoria, é uma expressão muito forte, porém que possa retratar a real situação que ela vem passando e já não é de hoje, pois, há anos venho acompanhando esses pilotos e sei das dificuldades que eles passam, suas lutas e conquistas elevando no pódio o nome de nossa cidade. As Administrações passadas e a partir deste ano, a atual tem colaborando com a liberação de condução para transporte dos mesmos e suas bikes.

O Taekwondo, por sua vez possui espaço físico do imobiliário público e até mesmo de academia particular, onde os atletas podem treinar técnica e fisicamente, porém, para ir ao Campeonato Brasileiro teve que apelar para a contribuição de amigos, conforme tive oportunidade de publicar o apelo que André Rabello e Rita Silva fizeram pelas redes sociais.

O Mountain Bike, ah, essa modalidade conta com uma vasta infra estrutura, mas, que a bela e exuberante natureza de Campos do Jordão lhe proporciona, com muita técnica e ar puro das nossas montanhas e vales explorada por pilotos locais, nacionais e até mesmo internacionais. Já quanto ao apoio e incentivo, não tenho conhecimento de como andam.”

Para que possamos ter um Bicicross cada vez melhor e maior, digno do qual nossos pilotos merecem, acessem o link abaixo, assinem a petição online, comentem se lhes convier e compartilhem o link com os amigos: http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=pistadebmx

This post will expire on Sunday September 18th, 2016 – 3:25pm.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários