Campos do Jordão teve maior campanha de castração de cães em massa já realizada no município

Projeto abrangente visa tornar Campos do Jordão uma referência nacional no trato com os animais.

Foi a primeira ação prática do programa “AMECampos amando os animais”, projeto da AMECampos – Associação dos Amigos de Campos do Jordão em parceria com protecionistas, Vereador Márcio Toledo, e que conta ainda com apoio de empresários locais e voluntários que tem como objetivo tornar Campos do Jordão referência em bem estar e trato com os animais.

20170401_121808
Garoto leva seu amiguinho para ser castrado. O centésimo entre os mais de 200 que foram castrados durante a campanha. (Foto: Ricardo Gonçalves)

A campanha, que foi viabilizada através de financiamento coletivo, ao atingir a meta de doações que seria suficiente para castrar 110 cães, através de um aporte financeiro da AMECampos teve sua capacidade ampliada para 220. Ao final foram castrados pela equipe da ativista Marta Giraldes efetivamente 207 animais, sendo que 15 ficaram de fora por desistência ou falta de condições do animal passar por cirurgia. “Castrar é não perpetuar o sofrimento” diz Marta.

Todas as contrapartidas do Crowdfunding foram doadas pelo Restaurante Alquimia, Hotel Toriba e Hotel Serra da Estrela e a alimentação dos veterinários e equipe foi doada pelo Restaurante Gato Seco. Já a alimentação dos voluntários foi oferecida pela Pizzaria Pier Paolo com doações da Casa do Churrasco, Arcobaleno, Supermercado Roma e Farma Gente. A quantidade de empresas que apoiaram o projeto também demonstra a importância da ação sob a ótica do comércio local.

Mudança de última hora levou ação para uma das melhores clínicas veterinárias de Campos do Jordão

Após um problema burocrático a ação que aconteceria no Centro de Eventos André Franco Montoro precisou ser transferida para uma clínica privada. A equipe de organização formada por Mario Fleck e Ricardo Gonçalves (AMECampos), Walkiria Fernandez e Eliana Bernardo (Protecionistas), Marcio Toledo (Vereador), mais voluntários, além de todo “time” de cirurgia e montagem liderado por Marta Giraldes se mobilizou rapidamente e com uma incrível capacidade de reação e a impagável ajuda do Centro Veterinário de Campos do Jordão, uma das melhores clínicas veterinárias da cidade que abriu suas portas viabilizando a realização do evento, a ação foi realizada com total sucesso.

“O primeiro mutirão de castração faz parte de um projeto abrangente que visa tornar Campos do Jordão uma referência nacional no trato com os animais. Isso será alcançado através da união de veterinários, pet shops, protetores de animais e mais o executivo e o legislativo da cidade” disse Mario Fleck da AMECampos.

Dezenas acreditaram, viabilizaram financeiramente, ou de alguma forma colaboraram com o projeto!

O que mais deu força ao projeto foi a natureza de seu financiamento. Mais de 70 pessoas acreditaram e fizeram suas doações através da página do projeto no site catarse.me (confira aqui os doadores não anônimos). Os valores foram os mais diversos, houve quem doou dez reais e também aqueles que doaram mais de mil reais. Neste momento o que valeu mesmo foi o envolvimento e ajudar como pudesse. “Somos muito gratos a cada um que contribuiu com esse projeto. seja da forma que for! disse Ricardo Gonçalves, Gerente Executivo da AMECampos.

20170401_124509
O Edu Eko é adestrador, amante dos animais e voluntário protecionista.

Além das contribuições financeiras mais de 15 voluntários atuaram diretamente na ação, entre eles membros da Associação Zoófila de Campos do Jordão. Fosse na recepção, organização da fila, dando suporte com informações aos proprietários que levavam seus cães ou antes mesmo do mutirão fazendo agendamento e cadastramento dos cães, sempre houve um voluntário presente, ajudando a dar certo. O evento contou ainda com a presença de homens da Defesa Civil de Campos do Jordão e Guarda Civil de Campos do Jordão (CIDEC) que manteve uma viatura no local pronta para atender alguma eemergência. O Centro de Evento foi cedido pela Secretaria de Turismo.

    Os animais vieram prioritariamente da Vila Santo Antônio, mas também foram castrados cães de outros bairros como Céu Azul, Abernessia, Vila Paulista Popular, etc. “Esterilização é um ato de responsabilidade, de amor e a única forma verdadeira de resolver o problema da superpopulação de cães!” disse Walkiria Fernandes – protecionista.

    Novas iniciativas

    O programa “AMECampos amando os animais” começou com o I Mutirão de Castração, mas não termina por aí. Novas ações serão divulgadas em breve e a promessa é de cada vez termos ações mais abrangentes. 

    This post will expire on Sunday April 9th, 2017 – 9:43pm.

    DEIXE SEU COMENTÁRIO!

    Comentários

    Redação do portal Guiacampos.com - Campos do Jordão na Internet