CineClube Araucária promove Mostra de Cinema do Leste Europeu

Evento acontece de 17 a 20 de setembro, no Espaço Cultural Dr. Além, com entrada franca

O Cineclube Araucária traz para o Espaço Cultural Dr. Além, de 17 a 20 de setembro, uma seleção de obras representativas da rica e variada produção audiovisual dos países do Leste Europeu, infelizmente ainda pouco difundida no Brasil.

Não faz muito tempo e o Leste Europeu era terra de alguns dos grandes nomes do cinema de autor. Vieram os anos 2000 e a região continua em alta, com outros cineastas na linha de frente. Cronologicamente, foi a produção romena a que primeiro chamou a atenção no novo milênio.

Seu cinema está aqui muito bem representado por Instinto Materno, de Calin Peter Netzer, realizado em 2013. Mas tudo começou mesmo com a abertura política do país após a morte do ditador Nicolae Ceauscescu, em 1989.

Além da liberdade de associação ao capital estrangeiro, que possibilita a realização de coproduções internacionais, a realidade do país se mostra propícia à criação artística, algo que não ocorre apenas na Romênia: a possibilidade de falar de uma nação em crise (após o colapso econômico de 2000) foi fundamental, por exemplo, para a Argentina se tornar uma das cinematografias revolucionárias no planeta do terceiro milênio.

O mesmo vem acontecendo com os outros países do Leste Europeu, alguns deles presentes nesta Mostra realizada pelo Cineclube Araucária de Campos do Jordão no Espaço Cultural Dr. Além (antigo Cine Glória de Campos do Jordão), com o apoio do Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo – ProAC, em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura, a Associação dos Amigos de Campos do Jordão – AmeCampos, a Oficina de Artes Rosina Pagan, a Escola Estadual de Vila Albertina e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – Campus Campos do Jordão.

Veja abaixo a programação completa:

17 de setembro – quinta-feira – 19H30
VENEZA, de Jan Jakub Kolski (Polônia – 2010 – 114 min)
Classificação indicativa: 12 anos anos
Sinopse: O filme conta a história de Marek, um menino cuja infância é interrompida pela guerra. Por causa dela, em vez de ir com os pais em sua primeira viagem a Veneza, Marek muda-se com a mãe para a província. No entanto, graças à força de sua imaginação, o menino transforma o inundado subsolo de sua casa na cidade mais romântica do mundo – Veneza.

18 de setembro – sexta-feira – 19H30
QUANDO VOAM AS CEGONHAS, de Mikhail Kalatozov (Rússia – 1957 – 97 min)
Classificação indicativa: 12 anos
Sinopse: Na segunda guerra mundial, a União Soviética perdeu pelo menos dez por cento de sua população. A efetiva proibição de um honesto retrato da guerra até a morte de Stálin, em 1953, paralisou o cinema. Em 1956 a ditadura enterneceu e isso foi sentido por toda a sociedade e cultura. Esta produção é um dos marcos da história do cinema soviético que obteve grande sucesso internacional, após obter a Palma de Ouro em Cannes. Assistir Quando Voam as Cegonhas é uma incrível experiência que nos faz reviver um período de lágrimas e derrotas, quando o mundo, assolado pela guerra, se calou diante da destruição e da dor…

19 de setembro – sábado – 19H30
INSTINTO MATERNO, de Calin Peter Netzer (Romênia – 2013 – 112 min)
Classificação inicativa: 12 anos
Sinopse: Superprotetora, uma mãe tenta evitar que seu filho de 32 anos, de quem ainda tem uma imagem infantil, seja indiciado por um acidente de carro que culminou na morte de um rapaz. O longa aborda a dinâmica das relações familiares da alta sociedade romena.

20 de setembro – domingo – 15H
LOTTE E O SEGREDO DA PEDRA DA LUA, de Janno Poldma e Heiki Ernits (Letônia – Estônia – 2011 – 75 min) Classificação indicativa: livre
Sinopse: O aparecimento de uma pedra lunar vai despertar a curiosidade de Lotte que, acompanhada pelo tio, parte numa viagem plena de surpresas, ao longo da qual encontra criaturas muito peculiares: árvores que fornecem produtos de higiene, um investigador de chuva, uma artista que trabalha com teias de aranha, um pescador de panquecas e muito mais. O que a jovem desconhece é que a pedra que para uns representa mera aventura e diversão é absolutamente essencial para a vida de outros. Animação originária da Estónia recorre à sobreposição de duas técnicas distintas: uma mais realista e tridimensional, como fundo, e outra mais clássica, usada para as personagens e para os seus movimentos. Sessão especialmente programada para o público infantil.

20 de setembro – domingo – 18h
APENAS UM GIGOLÔ, de David Hemmings (Alemanha Oriental – 1978 – 127 min)
Classificação indicativa: 16 anos
Sinopse: Berlim, anos 20. A Primeira Guerra deixou suas marcas. O jovem Paul acaba de voltar dos combates e se dá conta de que o mundo aristocrático em que vivia mudou drasticamente. Para sobreviver, torna-se gigolô de uma rica baronesa, ao mesmo tempo em que os nazistas buscam o poder. Performances remarcáveis de David Bowe, Maria Schell, Kim Novak e Marlene Dietrich em sua última aparição no cinema.

Serviço:
Mostra de Cinema do Leste Europeu
De 17 a 20 de setembro de 2015
Horário:
De quinta-feira a sábado – as 19h30
Domingo: as 15h e as 18h
Local: Espaço Cultural Dr. Além
End.: Av. Dr. Januário Miraglia, 1582
Entrada Franca

Informações para a imprensa
Vpress – Assessoria de Imprensa e Comunicação
Jornalista Responável: Veridianna T. B. Gonçalves
Contato/WhatsApp: (12) 99749-9458
E-mail: veritb@gmail.com

This post will expire on Sunday September 20th, 2015 – 9:00pm.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Jornalista diplomada, Assessora de Imprensa e mantem o conteúdo sobre moda, saúde e beleza.

Leave a Comment