Entenda o caso: Como querem impedir Joaquina de disputar as eleições de Campos do Jordão.

Políticos de Campos do Jordão tentam de todas as formas impedir que Joaquina, a única mulher que concorre as eleições, seja prefeita de Campos do Jordão.

O jogo, tido como jogo sujo por alguns, começou na véspera da convenção municipal do Partido Progressistas. Menos de 24 horas antes de Joaquina ser confirmada como candidata, a Diretoria Estadual do partido mudou sem nenhuma explicação e justificativa os membros da Diretoria Municipal. O objetivo da manobra foi invalidar a escolha do nome de Joaquina.

Com a fibra e coragem, ela não se rendeu e entrou na Justiça Eleitoral contra o ato do PP, que segundo seus advogados é autoritário e ilegal. O juiz reconheceu a ilegalidade do ato do partido e concedeu liminar garantindo o direito de Joaquina se candidatar.

Inconformados, os membros da Diretoria Estadual recorreram e conseguiram derrubar a liminar. Mas a decisão não é definitiva. Uma equipe de advogados já está elaborando o recurso junto ao TRE, Tribunal Regional Eleitoral.

Cabe recurso na decisão judicial!

O Doutor Fernando Garcia, um dos defensores de Joaquina, demonstrou tranquilidade. “A ilegalidade cometida pelo PP está bem fundamentada no nosso recurso, inclusive com jurisprudência. Por isso, não tenho dúvida nenhuma de que o TRE, que é um tribunal de segunda instância, vai restabelecer a candidatura”.

Joaquina está tranquila, serena e confiante de que a verdade prevalecerá. Ela diz não ter medo das urnas, e vai continuar sua caminhada para ser prefeita de Campos do Jordão.

This post will expire on Tuesday October 27th, 2020 – 8:16pm.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Fundador do Guiacampos.com, apaixonado por Campos do Jordão.