Herança do verão, manchas na pele podem (e devem) ser tratadas no outono

Combinação de ativos antioxidantes e despigmentantes podem ajudar — e muito — no tratamento das manchas da pele. Tanto nos procedimentos profissionais quanto na manutenção diária, o uso do fotoprotetor é fundamental

As férias de verão levam muitas pessoas às praias, aos parques, às piscinas. O que todos esses lugares têm em comum é que eles são deliciosos e relaxantes, mas nos colocam diretamente em contato com a exposição ao sol. E se não utilizarmos uma proteção eficiente, saímos do verão com algumas marcas que vão muito além do bronzeado: a exposição aos raios solares pode agravar a hipercromia, aumento de produção de melanina na pele que leva ao surgimento de áreas escurecidas — os melasmas, as sardas e as manchas senis — em pessoas com essa predisposição. “Quanto mais alto o fototipo, ou seja, quanto mais morena a pele, mais chances a pessoa tem de desenvolver a hipercromia”, explica Isabel Luiza Piatti, tecnóloga em estética e diretora de Pesquisa e Desenvolvimento de produtos na Buona Vita Cosméticos.

Mas todo verão tem seu fim; e com o outono, a queda nas temperaturas é tão evidente quanto a corrida atrás do prejuízo: é nessa estação que muitas pessoas procuram clínicas de estética e dermatologistas a fim de solucionar os problemas de manchas na pele. De acordo com Isabel, o outono é o melhor período para dar início a esses procedimentos por conta da redução da incidência de raios solares.

Como tratar

O tratamento dessas hipercromias pode ser feito com eletroterapia, laser ou na combinação de cosméticos que possam promover a renovação celular por ação mecânica (grânulos sextavados), ação enzimática (enzimas de romã e de abóbora) e química (ácidos). Além disso, despigmentantes e produtos com ativos de finalidade inibidora, como os antioxidantes, completam a lista.
Na linha profissional da Buona Vita, o carro-chefe para tratar as manchas é o Ionto White Skin, agente despigmentante de uso profissional que controla o processo de formação de nova melanina. “Ele combina três ativos responsáveis por essa ação: o Belides, que é um clareador natural que atua antes, durante e depois da formação da melanina na pele; o Alpha arbutin, antioxidante e inibidor da enzima tirosinase, responsável por gerar o pigmento; e o Biofoetida, componente encontrado em frutas, capaz de inibir a formação de melanina, e que consegue fazer o controle dos radicais livres, sendo um dos ativos com maior poder antioxidante da atualidade”, explica Isabel. Como coadjuvante no tratamento, ela cita o Clear Peel (ácido glicólico) e o Mandepeel (ácido mandélico), ambos com excelente ação queratolítica.

Para o cuidado diário, são indicados alguns produtos da linha home care, fundamentais para a eficácia do tratamento. É o caso do Clareador de Pele, que pelo processo de diálise da melanina (absorção do excesso de melanina já formada e por equilíbrio no processo enzimático de formação de melanina), vai atuar de três formas diferentes: inibindo a formação de melanina, realizando descoloração química do pigmento já formado e removendo as células pigmentadas da superfície da pele. “Tudo isso com o conceito de despigmentar sem irritar a pele”, acrescenta, indicando mais dois produtos: o sabonete Bio White, que favorece a renovação celular, e a Vita C Enzyme, máscara enzimática com Vitamina C que melhora a maciez e aparência da pele.

Isabel enfatiza que essa combinação de cosméticos é importante porque, no caso dos ácidos queratolíticos, responsáveis pela descamação, seu uso isolado remove apenas as manchas da superfície da pele. “A combinação de ativos antioxidantes, como a Vitamina C estável e os Ácidos ferúlico e Alfa lipoico, à ação despigmentante de compostos como o Skin whitening complex e o Belides, além das propriedades clareadoras do Óleo de rosa mosqueta e da argila, vão promover o tratamento da hipercromia de forma segura e eficaz.”

Fotoproteção

Isabel alerta, no entanto, que usar protetor é de fundamental importância para atingir melhores resultados e não piorar as manchas. “Tratar hipercromia é muito difícil, porque essas manchas são resultados de anos de agressão que a pele sofre. Os tratamentos só vão melhorar a caraterística do tecido com a utilização, também, do filtro solar. Mesmo nos dias nublados”, finaliza.

Buona Vita: A Buona Vita oferece, desde 1988, tecnologia de ponta e princípios ativos seguros, que garantem resultados rápidos e eficazes. Precursora do uso da nanotecnologia na indústria cosmética, hoje está entre as líderes do segmento de cosméticos profissionais, e possui uma linha Home Care; a sustentabilidade é um dos diferenciais da Buona Vita com a formulação de produtos com bases biocompatíveis. Tecnologia, pesquisa e responsabilidade para enaltecer a beleza e cuidar do planeta.

This post will expire on Friday May 15th, 2015 – 11:20pm.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Jornalista diplomada, Assessora de Imprensa e mantem o conteúdo sobre moda, saúde e beleza.

Leave a Comment