Megacycle anuncia nova data para evento em Campos do Jordão

NOTA DE ESCLARECIMENTO MEGACYCLE CAMPOS DO JORDÃO 20/03/2015

Vivemos, sim, infelizmente, tempos difíceis. Mas não tão difíceis assim que justifiquem atos de puro preconceito, de genuíno abuso de poder, resultado de uma mistura de falta de conhecimento.

Dessa explosiva combinação, acabamos vítimas todos: motociclistas, patrocinadores, organizadores, autoridades sérias, comunidade, sociedade e, mais ainda, o nosso Brasil inteiro.

Por isso essa carta a vocês, a todos os motociclistas que somos com orgulho.

A Megacycle, lamentando profundamente a interrupção daquele que era ou deveria ser seu 32º evento, vem a público, por meio desta nota oficial, prestar os seguintes esclarecimentos:

Do Histórico:

Desde 1993, a Megacycle promove no Brasil uma das maiores concentrações de motociclistas do mundo. A cada ano, buscamos reunir os amantes do motociclismo numa grande festa, na qual se respira o mundo da moto, trazendo sempre novidades, lançamentos e entretenimento, contanto, inclusive, com importantes parcerias de empresas ligadas ao setor e órgãos públicos.
O evento Megacycle são vocês motociclistas, e sempre foi, uma festa pacífica e bonita, onde as pessoas se encontram, se divertem, namoram, fazem amizades e reveem amigos antigos, tudo no clima da paixão pela motocicleta.
Aliás, a Megacycle se orgulha de ter promovido, ao longo de todos esses anos, o nascimento de milhares de moto clubes, além de ter feito amigos e admiradores no mundo todo.
Assim como sempre fizemos, envidamos todos os esforços para que o Megacycle em Campos do Jordão fosse – a exemplo dos eventos que sempre realizamos – um sucesso para todos os participantes. Todas as obrigações que nos cabia, e todas as exigências que nos foram feitas, foram integralmente cumpridas ao seu tempo e modo. No entanto, fomos surpreendidos por uma atitude desonesta, na calada da noite, do Capitão de Policia, Francisco Prolungati.
Esse capitão, já havia manifestado em reunião anterior o seu repudio pelos motociclistas, e dias antes do evento, fez um aviso a associação de hotéis, bares e restaurantes, para tomarem cuidado com os frequentadores do evento, pois, são pessoas que agem em grupo, praticando roubos, passando cartões de crédito clonados e para conferirem no ato dos pagamentos os documentos do portador do cheque ou cartão. Ou seja, a cidade seria invadida por bandidos.
Talvez por falta de conhecimento ou esquecimento, muitos dos seus superiores e colegas de farda, que também são motociclistas e participantes ativos das edições do evento acabaram incluídos em sua imaginária lista de caloteiros e malfeitores, pois estavam na cidade em razão do evento com seus amigos e familiares.
Assim, de posse de uma cópia das solicitações do Bombeiro, feita a prefeitura e a organização do evento, o Capitão Francisco Prolungati, em vez de aguardar as providências que foram prontamente atendidas, resolveu de forma sorrateira, noticiar a um membro do Ministério Público, lotado na Comarca de Campos do Jordão, que o evento realizava-se sem medidas de segurança necessária, induzindo-o a acreditar que havia uma situação real de riscos à incolumidade de centenas de pessoas, o que não é verdade.
A princípio, já podemos dizer que o pessoal do Corpo de Bombeiros, que estava responsável pela expedição do alvará para o evento, agiu no mínimo de forma absolutamente ineficiente. Isto porque, muito embora tenhamos promovido com antecedência tudo quanto necessário, a vistoria para a expedição do alvará, que deveria ter sido realizada antes da abertura do evento, na quinta-feira, de forma premeditada, só foi realizada no final da tarde de sexta-feira (27/02), enquanto o evento já acontecia.
Para piorar, o promotor de Justiça, Henrique Lucas de Miranda, por sua vez, fiando-se nessas informações, aliou-se ao Capitão e ajuizou medidas para obter a interrupção do evento, e teve êxito em seu intento, através de uma decisão liminar concedida pelo Juiz, Mateus Veloso Rodrigues Filho, já depois de encerrado o expediente forense, e sem que fosse dada oportunidade de defesa a Prefeitura e aos organizadores do Megacycle.
No dia 28, quando deveria estar acontecendo o principal dia de nosso evento, o Corpo de Bombeiros, somente realizou a vistoria as 13hs, e expediu o alvará competente, quando não havia mais tempo hábil para buscar a revogação da decisão liminar, uma vez que o plantão do Judiciário Paulista encerra seu expediente às 13 horas. O Prefeito, Fred Scaranello, as 9hs da manhã do domingo, conseguiu caçar aquela decisão arbitraria. No entanto já era tarde. O prejuízo já era geral. O Capitão, servidor público, já havia conseguido com todo seu empenho, prejudicar a imagem da cidade, do evento, além de causar vultuosos prejuízos a milhares de pessoas e empresas que se dirigiram a Campos do Jordão, para realização de mais um Megacycle.
Com a devida vênia, em nossa opinião, o Capitão Francisco Prolungati, não se lembrou apenas por um momento do lema que honra toda a corporação da Policia Militar do Estado de São Paulo, que é o de “SERVIR E PROTEGER”. Se com o mesmo afinco que buscou a Justiça no final de expediente forense daquela sexta-feira, tivesse envidado esforços para que a vistoria fosse realizada em tempo hábil para a expedição do alvará, os resultados teriam sido muito mais benéficos à toda coletividade. No entanto, ficou claro que seu objetivo não era esse.

A volta por cima

O Prefeito Fred Scaranello, se empenhou em buscar prontamente uma solução. Reuniu-se com nossa organização e com empresas que participaram do evento e propôs duas novas edições do Megacycle nos dias 30 de julho a 2 de agosto de 2015 (alta temporada), e outra na sequencia de 7 a 9 de agosto de 2015, com total apoio da Prefeitura, a fim de limpar a imagem manchada da cidade e de ressarcir os prejuízos a todos os envolvidos.
A Megacycle por sua vez, esteve no comando da Policia Militar de Taubaté, que também solidaria, lamentou o ocorrido, e está a disposição para dar total apoio para um novo evento, como sempre fez nas edições anteriores do Megacycle.
Estivemos também na Câmara Municipal de Campos do Jordão, onde obtivemos o total apoio de seu Presidente, Sr. Luiz Felipe Costa Cintra e demais membros da casa para realização do evento novamente. A imagem de Campos do Jordão não pode ser denegrida por uma atitude isolada que não representa os anseios da população local.
Dessa forma e com apoio das empresas que estiveram em Campos do Jordão, a Megacycle, confirma a realização do evento nas datas acima descritas, com mais atrações e mais shows.
Por fim, aproveitamos o espaço para registrar, também, nossa total gratidão pelas inúmeras manifestações de apoio e solidariedade prestadas por amigos, motociclistas, parceiros, notadamente por aqueles que puderam até mesmo testemunhar, “nos bastidores”, a sucessão de erros, abusos e ineficiência de servidores do Poder Público. Em especial agradecemos muito, ao vereador, Gilmar da Silva Rios, motociclista de coração, que se empenhou até de madrugada para revogar a decisão.

This post will expire on Friday May 1st, 2015 – 9:32pm.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Redação do portal Guiacampos.com - Campos do Jordão na Internet

COMMENTS

Leave a Comment