Morre uma das vítimas da motorista descontrolada de Campos do Jordão

Morreu na madrugada dessa quarta-feira  (17), uma das 3 vítimas de uma motorista descontrolada que ocasionou uma tragédia em Campos do Jordão no último sábado.

Márcio Rogério Queiroz de Oliveira de 35 anos foi socorrido pelo Helicóptero Águia da Polícia Militar em estado grave, após ter sido alvo de uma motorista que anteriormente, segundo testemunhas, já havia jogado seu carro em cima da uma família que visitava a Ducha de Prata, um dos principais pontos turísticos de Campos do Jordão.

O motociclista havia parado para ajudar a família e após o atentado a motorista empreendeu fuga do local, negando socorro as vítimas e sendo impedida de fugir por populares.

Márcio foi submetido a cirurgia,  teve uma perna amputada, mas não resistiu aos ferimentos e veio a falecer.

De acordo com o delegado José Aurélio Cardomoni, o caso foi registrado como lesão corporal culposa (quando não há intenção de matar).

“Recebemos informações de que a mulher teria problemas psicológicos, que teria até uma ação na Justiça para interná-la. Estamos investigando para entender como realmente aconteceu para finalizar o inquérito”
, afirmou.

Ainda há uma vítima em estado grave

Janaína Bárbara Sabino de 33 anos também foi alvo da motorista, juntamente com seu marido e filho. Ela sofreu traumatismo craniano.

Nota do editor

O caso chocou a comunidade de Campos do Jordão, afinal como pode alguém causar uma tragédia dessas proporções e sair pela porta da frente da delegacia? São nossas leis que dão margem a esse tipo de coisa?

Acredito que o que havia sido interpretado como “lesão corporal culposa” agora virou homicídio, e nós,  comunidade, familiares e amigos, esperamos somente justiça e que não seja um caso a cair no esquecimento.

Uma coisa é certa: “A motorista estava em surto” não pode ser a melhor resposta a ser dada a família das vítimas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Fundador do Guiacampos.com, apaixonado por Campos do Jordão.