Portal Transparência: Campos do Jordão tem pior resultado da região em levantamento do MPF

Nota de Campos do Jordão caiu de 1,9 na primeira avaliação para 0,4 na segunda.

Segundo levantamento realizado pelo Ministério Público Federal e divulgado no início deste mês,  as principais cidades da RMVale – Região Metropolitana do Vale do Paraíba não divulgam adequadamente os dados municipais obrigatórios por meio de portais da transparência, e Campos do Jordão ficou na pior colocação.

No total, o MPF avaliou o portal da transparência em todas as 5.567 cidades brasileiras, sendo 645 em São Paulo. O estudo resultou em uma ação contra 76 municípios, seis deles da RMVale sendo eles Campos do Jordão, Potim, Roseira, São José do Barreiro, São Luís do Paraitinga e Silveiras.

Dos 39 municípios da região, exceto Caçapava, dez têm notas entre 8 e 8,6, é o caso de São José dos Campos e Jacareí. Seis ficaram entre 7 e 7,9, Taubaté por exemplo. Doze tiveram de 5,1 a 6,9 e o restante (dez municípios) ficaram abaixo de 4,6. O pior resultado foi em Campos do Jordão (0,4).

Os processos fazem parte do projeto Ranking da Transparência, da Câmara de Combate à Corrupção do MPF, que avaliou os portais de 5.567 municípios brasileiros.

Os procuradores pedem que esses municípios regularizem as pendências encontradas nos sites em até 60 dias, sob pena de multa diária de R$ 10 mil.

Segundo os procuradores, os procedimentos incluem pedidos para regularização de links indisponíveis e atualização de dados em tempo real.

Caçapava é o bom exemplo na Região

Caçapava tornou-se a primeira colocada nos rankings estadual e nacional da transparência, passando de 6,4 para 10 pontos. Nenhuma outra cidade da região atingiu a pontuação máxima. No país, apenas 120 cidades atingiram essa meta, sendo sete delas em São Paulo.

This post will expire on Sunday July 31st, 2016 – 10:28pm.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Fundador do Guiacampos.com, apaixonado por Campos do Jordão.