Prefeitura fará ação de combate ao “piolho de cobra” neste sábado.

A Prefeitura de Campos do Jordão fará no próximo sábado, dia 28, uma ação de combate ao piolho de cobra no bairro Monte Carlo.

A partir das 9 horas, os agentes de saúde, funcionários municipais, defesa civil, os voluntários do Instituto Pinho Bravo e escoteiros estarão no bairro e irão entrar nas casas para retirar entulho, restos de madeira e demais dejetos dos quintais que funcionam como esconderijos para o piolho de cobra.

Ao todo, cerca de 100 pessoas trabalharão para eliminar o animal que, de acordo com o pesquisador científico João Justi Junior, do Laboratório de Entomologia do Instituto Biológico (IB) é um decompositor de matéria orgânica e, por isso, atraído por umidade, folhas, galhos e madeira podre. O piolho de cobra não é classificado como peçonhento porque não produz veneno.
O trabalho tem por objetivo limpar e eliminar esconderijos e criadouros e irá se estender a outros bairros, continuando nos demais dias.

Depois da limpeza, nova aplicação de veneno será feita no local.

Desde o dia 11, a Prefeitura está limpando as ruas e retirando lixo. Mas principalmente perto da cachoeirinha há ainda muitos terrenos particulares com mato e depósitos de lixo doméstico que funcionam como criadouros.

A intenção da Prefeitura é envolver a comunidade e fazer um trabalho educativo, para que juntos, poder público e população eliminem o problema e prossigam a ação durante o ano todo.
Para ajudar as famílias e deixar as crianças longe do trabalho, a Prefeitura fará uma ação de recreação com as crianças na quadra, ao lado do Posto de Saúde, onde vai colocar brinquedos e monitores para que as crianças se divirtam, enquanto os pais participam da ação.

Conheça mais

O piolho de cobra é o nome conhecido na região do “lulus sabulosus cllindroiulus”. Em outros locais ele também é conhecido como embuá, gongolô, mil pernas ou gouro. Não se trata de um animal peçonhento. Quando ele se sente molestado, ele se encolhe.

Apesar de não ser venenoso, o piolho de cobra é um parente distante de outros animais peçonhentos como escorpiões, aranhas e a própria lacraia.

Para se reproduzir ele bota ovos e para se defender, algumas espécies liberam um líquido colorido.

Se o animal for manuseado ou sentir-se ameaçado, ele pode soltar uma tinta, mas não há conclusões científicas de que cause alergias, ou queimaduras. Embaixo da cabeça só tem um aparelho mastigador porque esses animais consomem folhas ou restos de material em decomposição. O acúmulo de lixo doméstico, restos de madeiras e folhas é um dos fatores que pode estar favorecendo o aumento da população desses animais no local.

Eles gostam de umidade e tem maior atividade durante a noite.

This post will expire on Saturday March 28th, 2015 – 9:00pm.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Fundador do Guiacampos.com, apaixonado por Campos do Jordão.

Leave a Comment