SP promete vacinar adolescentes mesmo com falta de vacinas para faixas etárias mais antigas

Apesar da falta de vacinas para faixas etárias mais antigas, como acontece em varias cidade  a exemplo de Campos do Jordão, governo promete prioridade para adolescentes grávidas e jovens com comorbidades ou deficiência.

O Governador João Doria anunciou neste domingo (11) a vacinação contra COVID-19 de todos os adolescentes de 12 a 17 anos a partir de 23 de agosto. A inclusão deste público se deve à aquisição de lotes extras de imunizante para atender a uma demanda de 3,2 milhões de pessoas nos 645 municípios do estado.

“Para se ter ideia da importância e do significado desta decisão, todos os jovens e adolescentes com mais de 12 anos até 17 anos estarão vacinados no estado de São Paulo até o dia 30 de setembro”, disse Doria. Na primeira etapa da vacinação, entre 23 de agosto a 5 de setembro, a prioridade será imunizar grávidas e adolescentes que possuem algum tipo de comorbidade ou deficiência.

Em setembro começa a vacinação dos adolescentes por faixa etária. Entre os dias 6 e 19 de setembro será a vez dos quem têm entre 15 e 17 anos. Já entre os dias 20 e 30 de setembro, será a vez de jovens de 12 a 14 anos em todo o estado.

Falta de vacinas para faixas etárias mais antigas em Campos do Jordão

É muito comum encontrar pessoas de faixas etárias mais antigas  que ainda não conseguiram se vacinar, ainda que estejam tentando agendamento. É o que ocorre por exemplo em Campos do Jordão, onde muitas pessoas de faixas etárias mais antigas não consegue fazer o agendamento. Há casos de pessoas que tentam agendamento faz mais de 10 dias e não recebem retorno dos postos de vacinação e também não é informado pela prefeitura o critério de seleção de quem irá tomar as vacinas que chegam a cidade em quantidade insuficiente para faixa etária contemplada.

This post will expire on Friday July 16th, 2021 – 2:18pm.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Fundador do Guiacampos.com, apaixonado por Campos do Jordão.