Teleconferência do COMTUR Campos do Jordão e Booking.com busca alternativas para turismo pós-coronavírus

Objetivo da teleconferência foi analisar o panorama atual do turismo na cidade e pensar alternativas para a retomada do turismo em Campos do Jordão após a crise da covid-19

Foi realizada na tarde de ontem (31), teleconferência com aproximadamente 30 empresários e representantes de organizações integrantes do COMTUR – Conselho Municipal de Turismo de Campos do Jordão, além de duas consultoras da Booking.com, que contribuíram com dados e estatísticas de turismo.

O objetivo da teleconferência foi analisar o panorama atual do turismo na cidade e pensar alternativas para a retomada após a crise que se apresenta devido a epidemia da COVID19.

Os dados apresentados pelas consultoras da booking.com, contribuirão nas tomadas de decisão das próximas iniciativas do trade turístico.

Para o Presidente do COMTUR, Alexandre Gonçalves da Silva, “A conferência nos mostrou primeiramente que o mundo ja mudou e que todos encontraremos formas de nos adaptarmos a estas mudanças. No contexto geral estamos diante de um grande desafio e que ainda assim, as perspectivas para o segundo semestre são positivas. Campos possui muitas vantagens diante do novo cenário. Acesso por carros, atividades na natureza para a família, diversos atrativos ao ar livre para lazer e entretenimento.” 

Covid-19 provoca perdas de R$ 2,2 bi no turismo brasileiro, diz CNC

Somente na primeira quinzena de março, o volume de receitas do setor de turismo brasileiro caiu 16,7% em relação ao mesmo período do ano passado, o que representa uma perda equivalente a R$ 2,2 bilhões. A informação é da Agência Brasil.

A estimativa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), divulgada dia 19 de março no Rio de Janeiro, projeta ainda que os prejuízos já sofridos pelo setor têm potencial de reduzir até 115,6 mil empregos formais.

Segundo a CNC, as restrições impostas pelo protocolo de ação em nível global para frear o ritmo de expansão do novo coronavírus, o Covid-19, e o fechamento das fronteiras a estrangeiros em diversos países atingiram em cheio o deslocamento de passageiros no Brasil e no mundo. Apesar das medidas econômicas emergenciais adotadas no mundo, a queda no fluxo de passageiros tende a impor severas perdas ao turismo.

“O setor de comércio, serviços e turismo é o que apresenta maior potencial de impacto negativo. As atividades econômicas que o compõem dependem da circulação de mercadorias e consumidores. Em especial no turismo, afetado frontalmente pela impossibilidade de viagens, reservas e visitações, ação necessária para prevenção ao novo vírus”, explicou, em nota, o presidente da CNC, José Roberto Tadros, alertando que o impacto no segmento do comércio será sentido com defasagem um pouco maior.

 

This post will expire on Wednesday April 8th, 2020 – 2:50pm.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Fundador do Guiacampos.com, apaixonado por Campos do Jordão.