Um jordanense que se destacou pela determinação e austeridade na Presidência da Liga de Futebol

Muitos são os Desportistas Jordanenses, quer de origem, quer por adoção, que traçaram os destinos do nosso esporte.

Hoje quero falar de um que adotou esta terra como sua, sobre quem escrevi matéria em 1998, no então Jornal Impacto Vale News, do saudoso D’Ávila e da minha amiga Neuza Maria Soares, cujo contexto aqui transcrevo trechos e que, com méritos, chegou a ser homenageado pela Câmara Municipal de Campos do Jordão e pela Federação Paulista de Futebol.

Na Liga Jordanense de Futebol marcou época como grande entusiasta pelo futebol.

Nascido em 15 de setembro de 1936, nas terras de São Paulo de Piratininga, desde criança freqüentava Campos do Jordão, hospedando-se em casa de parente, vindo em definitivo no ano de 1966.

No decorrer dos tempos, sentindo a necessidade de fazer algo mais pelo futebol, no início dos anos 70, junto com Marques Braga, reestruturou a Liga, a qual dirigiu por mais de 10 anos, organizando campeonatos infantis, juvenis, juniores, adultos e veteranos.

Foi responsável pela vinda à nossa cidade de vários clubes de destaque, em especial o São Paulo Futebol Clube.

Seu trabalho em prol da comunidade se destacou também junto ao Rotary Clube, onde ocupou por três vezes a Presidência.

Determinado e austero, por ocasião dessa matéria, lembrava de vários companheiros de trabalho, fazendo questão de citar o inesquecível Cantídio Pereira de Castro, o qual o considerava “Patrono do Futebol Jordanense”, de quem já tive oportunidade de escrever no referido Jornal.

Essmael também se destacou em colunas esportivas, escrevendo para vários jornais da cidade e participando de programas radiofônicos, chegando a transmitir a final do quadrangular do Campeonato Paulista de 83, no Estádio do Morumbi.

Seu trabalho foi reconhecido pela Câmara Municipal de Campos do Jordão com o Título de Desportista Emérito em 1979, por indicação do Vereador Silvio Pereira Moysés, recebendo a honraria das mãos de Danilo Delácio, cuja foto registrou o momento.

Já em 1987 coube à Federação Paulista de Futebol prestar a esse grande esportista jordanense entregando-lhe um Cartão de Prata tendo em destaque o escudo da Entidade, em alto relevo.

No verso da foto a mim apresentada por Essmael, continha o seguinte escrito: “ Ao prezado amigo José Alli Essmael, com os cumprimentos desta Presidência. Campos do Jordão, 05.06.79. (a) Agripino Lopes de Moraes- Presidente da Câmara”.

Diante dessas homenagens a ele outorgadas pelos relevantes serviços prestados à comunidade esportiva, através dessa matéria este colunista na época da publicação, também o homenageou, porém, consciente que foi pequena, mas, sincera e não poderia deixar de transcrever abaixo o comentário que ele fez com referência às homenagens, por ele publicado no Jornal Impacto Vale News e endereçado ao Jornalista D’Àvila:

“ Campos do Jordão, 20 de março de 1998.
Ao Ilustríssimo Senhor Jair Alcântara D’Ávila. MD. Editor Geral do Impacto Vele News.
Prezado Editor e Amigo.
Simples folhas de papéis em branco podem ser transformadas em grandes obras em grandes jornais quando nelas se inserem as idéias de grandes escritores, articulistas e intelectuais das mais variadas tendências e especialidades.
É o que acontece com o “IMPACTO” que, a partir de meras folhas em brancas, faz um grande jornal.
Isso se deve à inteligência e dedicação de seus diretores e de seus colaboradores.
Neste momento, devo lembrar os responsáveis por essa transformação e a quem tanto admiro: o historiador e escritor Pedro Paulo Filho e sua esposa que como ele também é advogada Dra. Guiomar, Carlos Gouveia, Mário Pereira, Lélio Gomes, Ivo Strass, o Psiquiatra Sam Payo, Hélio Rubbo, Helena de Freitas, Dr. Centofante e suas receitas naturais, Antonio Carlos Faria e do Ulisses Pessanha, este, misto de esportista e poeta inspirado, ambos meus companheiros de luta, do D’Ávila e da diplomática Neuza, com seus arigos sempre bem esclarecidos, e do José Gonçalves.
Devo ter omitido algum nome, pois, são tantos seus colaboradores, que isso é bastante possível. Como isso deve ter acontecido, peço minhas desculpas antecipadas, foi involuntário.
Me permita, meu amigo D’Ávila, nesta edição, expressar minha gratidão ao “IMPACTO” e ao José Gonçalves pela homenagem prestada à minha pessoa no N.o 531 deste jornal, na coluna “SPORT NEWS”.
Apesar do meu agradecimento, sou obrigado a discordar do Gonçalves quando ele diz, em sua coluna que suas palavras foram sinceras, porém, pequenas. Ao contrário, foram grandes e calaram fundo em meu coração.
O papel em branco que foi transformado pelo José Gonçalves num verdadeiro troféu para este seu humilde amigo já está guardado entre meus mais valiosos pertences e já está gravado em minha memória para sempre.
Muito Obrigado.
JOSÉ ALLI ESSMAEL.”

JOSÉ ALLI ESSMAEL, por tudo o que fez pelo esporte jordanense e pela retidão de caráter e conduta, merece figurar nos anais da história de Momentos de Glória do Nosso Esporte – Atualidades e Memórias.

This post will expire on Wednesday August 22nd, 2018 – 6:48pm.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários