Auditório Cláudio Santoro recebe “Faces do Piano Brasileiro”

Faces do Piano Brasileiro é o encontro de dois compositores, Claudio Santoro e Luiz Eça, de extrema relevância histórica. O projeto visa o resgate da obra desses compositores ao fomentar a sua continuidade no cenário artístico nacional e internacional. A temática apresenta, de forma empírica, a dicotomia entre o erudito e o popular. Conceitos enraizados e opostos historicamente, mas que, por meio desses compositores, são construídos de maneiras próximas e de influências estéticas comuns, sem que barreiras delineiem o caráter da composição—visando o ponto em comum e influxos de singularidade. Essa celebração oportuniza debates e a experiência de escuta das mais diversas influências estéticas presentes na música brasileira.

Pablo V. Marquine é Doutor em Musicologia pela Universidade da Flórida. Pablo gravou diversas obras de Claudio Santoro e tem se apresentado nacional e internacionalmente. Desenvolve pesquisa sobre as interseções entre música, estética e Política. Diogo Monzo é Doutor em Teoria e Prática da Interpretação pela UNIRIO e desenvolve pesquisa na área de Psicologia Cultural e Criatividade na Improvisação Musical. Segue carreira no Brasil e no exterior.

Djavan se Apresenta em São José dos Campos no Farma Conde Arena

Usuários de transporte público em Taubaté ganham aplicativo