Campos do Jordão, o paraíso dos corredores

A natureza foi generosa com Campos do Jordão. Dona das mais belas paisagens da Mantiqueira, a estância turística é repleta de cenários de tirar o fôlego. E há quem literalmente coloque o fôlego à prova quando sobe a serra. O clima daqui, considerado o melhor do mundo pelo Congresso Internacional de Climatologia realizado em Paris, em 1957, também é excelente para a prática de esportes, principalmente os aeróbicos. 

Já é comprovado cientificamente que treinar em altitudes elevadas garante melhor performance para atletas amadores e profissionais. No ar rarefeito o organismo produz mais glóbulos vermelhos, que são responsáveis pela oxigenação do corpo. Isso dá maior resistência, principalmente para longas distâncias. A 1700 metros acima do nível do mar, Campos do Jordão é um paraíso para os corredores, que enquanto treinam ainda contemplam um visual igualmente paradisíaco.

O prazer de respirar aqui.

Ainda na estrada, à medida que subimos a serra, gradativamente a atmosfera nos presenteia com o ar cada vez mais puro. Quando cruzamos o portal, nem é preciso encher o peito para sentir os pulmões agradecerem a cada respiração. Não por acaso Campos do Jordão ganhou fama no século passado como estância climática para tratamento da Tuberculose. Agora, que tal inspirar e expirar oxigênio livre de poluição de uma forma mais intensa? E não precisa ser velocista para viver essa experiência. No seu próprio ritmo é possível usufruir ao máximo o que as florestas de Araucárias, Plátanos e campos de altitude têm a nos oferecer.

Anualmente centenas de corredores fazem da estância um centro de treinamento. A concentração maior ocorre em dezembro, em preparação para a São Silvestre, em São Paulo, uma das principais provas pedestres do país. Mas o privilégio que eles têm também pode ser seu! Basta colocar o corpo em movimento. E não há atividade física mais democrática que correr! Pensando nisso, eu preparei dois percursos que podem ser feitos por pessoas comuns, assim como você! 

Abernéssia: o ponto de partida.

Com topografia montanhosa, não faltam em Campos do Jordão percursos para os amantes dos esportes de aventura. A cidade, inclusive, é palco das principais corridas de montanha previstas no calendário nacional. A belezas e os desafios escondidos na paisagem são incentivos extras a quem adora adrenalina. Na região do Pico do Itapeva, por exemplo, há trilhas técnicas de 21 e 42 quilômetros que atraem os atletas mais experientes. Mas calma! Os percursos que preparei não exigem muito preparo físico. Claro que você precisa antes de colocar o tênis consultar um médico para saber se está tudo bem. Aí é só curtir o visual! 

A modernidade nos deixou mal acostumados. Até para ir na padaria da esquina usamos o carro. Mas a proposta aqui é, no máximo, conduzir o seu veículo até a estação do bondinho, em Abernéssia, nosso ponto de partida. Faça isso bem de manhãzinha para não perder tempo procurando onde estacionar. Depois das 9h, quando abre o comércio, fica mais difícil encontrar vagas. Pare próximo da praça da Bandeira, ou se tiver sorte bem em frente da estação. E pode ficar tranquilo porque o bairro é seguro. 

Primeiro desafio: 8 km

Eu mesmo costumo fazê-lo todo final de semana. É super tranquilo e não exige muito esforço. Afinal, todo o percurso é plano. Mas antes de começar, aproveite que está próximo do estádio de futebol e vá até lá fazer um alongamento. Existem barras específicas para esticar o esqueleto e também uma pista de atletismo perfeita para o aquecimento. Feito isso, pernas para que te quero!

A meta é ir até Capivari e voltar a Abernéssia totalizando 8 km de extensão. Saia da estação do bondinho e siga pela calçada da Avenida Januário Miráglia, no eixo principal da cidade. Logo no começo você já se depara com as folhas de Plátanos pelo caminho. Durante o outono elas caem a todo o momento e forram o chão. Cuidado para não escorregar.

Nos dois primeiros quilômetros, também fique atento aos altos e baixos da calçada. Em vários trechos a raíz das árvores provocou pequenas erosões e é preciso desviar. Já a partir do bairro de Jaguaribe, todo o calçamento está sendo reformado e ampliado. Bloquetes de concreto, inclusive com piso tátil para deficientes visuais, são colocados por funcionários da prefeitura. Os trabalhos ocorrem somente nos dias úteis. Nos finais de semana a área em obras é apenas sinalizada. Por isso, cautela nesses locais. 

Se você já tem costume de correr, em no máximo meia hora é possível chegar a Capivari. Aí dá até pra descansar um pouco passeando pelo centrinho turístico. Na volta, refaça o caminho pela calçada da avenida que dá acesso à saída da cidade. Assim você elimina a subidinha bem em frente ao hotel JB.

Muito leve? Que tal 10 km?

Ainda pelo eixo principal da cidade dá para aumentar o percurso em dois quilômetros. O trajeto é o mesmo: começa na estação do bondinho, em vila Abernéssia, passa por Jaguaribe, mas antes de chegar a Capivari há um pequeno desvio. Ao avistar a estação Emílio Ribas do bondinho, bem em frente ao posto de combustível, vire à esquerda e siga pelo chamado anel viário de Campos do Jordão. 

Neste ponto você vai passar ao lado do pátio da Estrada de Ferro e debaixo do teleférico. Na rotatória, pegue o caminho para o Recanto Feliz. Siga por cerca de 500 metros e vire à direita, onde há uma ponte sobre o ribeirão Capivari. Depois, contorne à direita de novo e continue correndo seguindo sempre a rua asfaltada até os prédios de um condomínio residencial. 

À esquerda você vai ver uma ladeira. Mas não desanime hein! Suba porque logo em seguida tem uma descida que termina em Capivari e vai lhe dar fôlego para continuar. Aí é só pegar a avenida principal até chegar em Abernéssia outra vez. Esse trajeto é um pouco mais cansativo. Se conseguir terminar em menos de 1 hora, parabéns!

O roteiro dos profissionais.

Estes dois percursos que acabo de citar são os preferidos dos atletas de alto rendimento. Como não exigem nível elevado de preparação, ambos também são muito utilizados por pessoas anônimas, mas apaixonadas por corrida. E com o cenário de Campos do Jordão ao redor, esse amor fica ainda mais forte! O ideal é percorrê-los sem pressa. Leve o celular junto porque certamente você vai querer registrar o visual. E lembre-se: antes de iniciar qualquer atividade física, marque uma consulta com seu médico de confiança. Campos do Jordão quer você com saúde!

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Jornalista. Um incansável contador de histórias!