O papel do esporte e da educação na formação do jovem e no combate à criminalidade

Momentos de Glória do Nosso Esporte

Vivemos um momento em que muito se fala em redução da maioridade como condição para diminuir a criminalidade entre os jovens.

Sabemos que em nossos dias um adolescente com 15 ou 16 anos é suficientemente capaz de distinguir o que é e o que não é crime, porém, entendemos que a redução da maioridade não justifica conduzir um jovem infrator para atrás das grades, onde com certeza lá ele estará cursando “o vestibular” para se formar “ doutor em criminalidade”.

Quanto aos jovens que hoje vivem na criminalidade, cabe, sim ao Governo, às Associações quer sejam religiosas ou não, à Opinião Pública, aos Veículos de Comunicação, enfim, aos Formadores de Opinião com o apoio da Sociedade e das Empresas fazer o seu papel, dando oportunidade aos, hoje menores infratores, de cursarem escolas devidamente equipadas e com educadores gabaritados para tal fim, mediante a execução de um programa educacional, social e esportivo que a eles proporcionem ambiente digno e em condições de real recuperação e re-integração à sociedade
Quanto aos jovens que ainda não se enveredaram para o caminho do crime, melhor que seja implantado um programa sério em Escolas que tivesse como referência a formação dos jovens com atividades de lazer, cultura e esporte, criando oportunidades e condições de uma conduta de convívio na sociedade, sem violência, com liberdade de expressão e o respeito mútuo, até mesmo seguir o sugerido pela UNESCO “que consiste na abertura das escolas públicas nos fins de semana, com oferta de atividades de esporte, lazer, cultura, inclusão digital e preparação inicial para o mundo do trabalho ”. (http://unesdoc.unesco.org/images/0017/001785/178542por.pdf )

Assistindo uma reportagem de TV sobre a questão da redução da maioridade de que o ficamos sabendo que índice de criminalidade entre os jovens cresceu assustadoramente nesses últimos anos
o apoio também de empresas num projeto de formação social, educacional e esportivo de nossa juventude é muito importante e teria o reconhecimento da Sociedade.

No âmbito doméstico, no caso de nossa cidade algumas empresas tem incentivado o esporte, podemos citar o caso da Minalba, que em diversas oportunidades tem prestigiado o esporte jordanense e somos testemunhas de que inúmeras vezes ela colaborou com as modalidades esportivas, em especial com o BMX, em diversos campeonatos, regionais, estaduais e nacionais. além do que lendo, dias atrás, uma revista intitulada Atualidades Nestlé, deparamos com um artigo que relata a realização XVI Jogos Desportivos, aqui realizados em 1983, que contou com a presença de um grande número de atletas, de diversas faixas etárias, jogos esses de várias modalidades.

A propósito, dentre as modalidades destacamos o Futsal, em que nossa cidade se sagrou campeã, através de seus atletas representando o Grêmio Minalba, sagrando-se a grande campeã do Futsal,que a foto cedida pela nossa amiga Gi Barros, ora publicada registrou para os anais da história de Momentos de Glória do Nosso Esportes.

Foto Gremio Minalba
Grêmio Minalba – Em pé, da esquerda para a direita Alfa, Paulo (técnico), Álcio (presidente do Grêmio), Lélo (massagista), Pedrão, Álvaro, Riva, Arnaldo e Altair (auxiliar técnico) e agachados: Deco, Leão, Pedrinho, Marcinho, Hermes e Zé Antonio

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

COMMENTS

Leave a Comment