Razões que fazem de Campos do Jordão um ótimo destino pro ecoturismo

Além da rotina estressante, a paisagem das grandes cidades também contribui com o desgaste emocional. O cinza do asfalto e da construção civil domina os espaços urbanos. Em qualquer direção, só se vê concreto. Viver neste cenário monocromático e poluído pelo trânsito caótico aumenta o cansaço e exige mais energia para enfrentar os compromissos do dia a dia.

Mas ninguém é de ferro. Submeter-se a essa realidade é prejudicial à saúde física e psicológica. Desligar-se do ambiente tóxico é a principal dica para não entrar em colapso e o Ecoturismo destaca-se como válvula de escape.

Ecoturismo: o melhor tratamento contra o estresse

A natureza é excelente aliada na busca pelo equilíbrio do corpo e da mente, e o Ecoturismo surge como o principal elo entre o homem e o meio ambiente. Talvez por isso a atividade cresça entre 15% e 20% ao ano, segundo dados da Organização Mundial do Turismo. É o setor que mais se expande no mundo e de forma sustentável, sem destruir os recursos naturais.

A serra da Mantiqueira possui o ecossistema ideal para a prática do Ecoturismo. Sua cadeia montanhosa parece obra de arte esculpida naturalmente entre os estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. A maior parte deste relevo fica no território paulista e Campos do Jordão foi privilegiada com as belas montanhas e florestas remanescentes da Mata Atlântica.

Existem mais de 100 trilhas catalogadas, muitas com rios e cachoeiras, que colocam os visitantes em contato direto com roteiros típicos dos esportes de aventura. O montanhismo, por exemplo, é muito praticado no Horto Florestal e no complexo da Pedra do Baú. E não é só isso! A estância tem vocação para arvorismo, mountain bike, caminhada, corrida, entre outras modalidades.

Arvorismo é no Tarundu

Não faltam em Campos do Jordão locais para a prática do arvorismo, mas o Tarundu merece destaque. Lá, do nascer ao pôr do sol, a diversão está garantida. É o maior centro de lazer e entretenimento da serra da Mantiqueira. São mais de 30 atividades ao ar livre e também indoor. Com sol ou com chuva, todo os dias o complexo de 500 mil metros quadrados de área verde oferece diversão.

Circuito de Arvorismo do Tarundu - Campos do Jordão

Entre as atrações, o Tubo Insano chama a atenção. O escorregador gigante tem nada menos que 110 metros de extensão. A Boia Cross também causa frio na barriga quando despenca 100 metros morro abaixo até parar em uma piscina de bolinhas. E a Orbit ball, então, é para os corajosos de verdade! A bola inflável leva até duas pessoas dentro que literalmente veem o mundo de cabeça para baixo.

Cercado por Araucárias, o complexo oferece vários circuitos de arvorismo para adultos e crianças. As tirolesas a 50 metros de altura são as mais procuradas. O voo de 780 metros passa pela mata e cruza todo o complexo de lazer. Existem ainda passeios de balão. É aventura na certa!

O paraíso das trilhas está no Horto Florestal

Horto Florestal de Campos do Jordão - Foto: Tadeu Sales
Horto Florestal de Campos do Jordão – Foto: Tadeu Sales

O Parque Estadual de Campos do Jordão é um verdadeiro santuário ecológico. Além de reunir a maior floresta de Araucárias em uma área semelhante a 11 mil campos de futebol, o Horto Florestal também abriga mais de 800 tipos de plantas típicas da Mata Atlântica. A fauna tem números impressionantes, com cerca de 70 espécies de animais silvestres e 160 aves. Você pode conhecer toda essa diversidade pedalando. Dentro do Horto existe uma agência de ecoturismo com bikes de aluguel.

O Horto Florestal também não pode faltar no roteiro de quem gosta de caminhar ao ar livre em contato direto com a natureza. O parque possui cinco trilhas, todas demarcadas. A da Cachoeira Galharada tem quase 5 quilômetros de extensão com grau baixo de dificuldade. É percorrida em cerca de uma hora e 20 minutos.

Se você está com crianças, a trilha das quatro pontes é a mais indicada porque tem só um quilômetro de extensão. Para quem gosta de subidas, o caminho dos Campos de Altitude é a melhor opção. São três quilômetros morro acima. E tem também a trilha do rio Sapucaí, com cerca de 2.600 metros. Já a trilha da Cachoeira Celestina possui 8 quilômetros e exige a presença de um guia.

Aventoriba: adrenalina na medida certa

Quem quer segurança e um suporte especializado durante as trilhas não pode deixar de conhecer o Aventoriba. Trata-se de um programa que desbrava a Mantiqueira passando por cenários de puro encantamento. O ponto de encontro é o jardim do hotel Toriba, idealizador do projeto.

Júnior Warne, guia de montanha com 11 anos de experiência, e Gabriella Pelegrino, são os responsáveis por conduzir os turistas. A dupla leva nas costas kits de primeiros socorros, água e barrinhas de cereais. O Aventoriba já conta com 20 trilhas catalogadas, e no final de todas há um banquete em restaurantes parceiros.

Junior Warne e Gabriela Peregrino - Guias do Aventoriba
Júnior Warne, guia de montanha com 11 anos de experiência, e Gabriella Pelegrino são os guias do Aventoriba

Entre elas estão a Zigzag I e Zigzag II; Celestina; Campos-Cachoeira; Ana Chata; Dois Cumes (Ana Chata e via ferrata do Baú); Três Cumes (Bauzinho-Ana Chata – subida do Baú via ferrata); Diamante-trilha da onça, entre outras.
A maioria fica dentro do Horto Florestal, mas as aventuras também ocorrem no complexo da Pedra do Baú e às margens dos trilhos da Estrada de Ferro desde Campos do Jordão até Santo Antônio do Pinhal. O grau de dificuldade varia de acordo com a disposição e preparo físico dos participantes.
As expedições são feitas no ritmo do grupo, sem pressa, com muita segurança e zelo pelo bem-estar dos participantes. Ao longo o conhecimento sobre história, cultura local e meio ambiente são passados de forma descontraída. E aos participantes que desejam um contato mais profundo com a natureza, são realizadas técnicas de banho de floresta, proporcionando bem estar físico e mental.

E para o ano de 2020, foram lançadas as expedições especiais como Birdwatching, Photowalk com monitoria fotográfica, Aventoriba kids trazendo muita diversão para as crianças e aprendizado sobre o meio ambiente. E o esperado Aventoriba Extreme com subida da via ferrata do baú, expedições mais longas e desafiadoras incluindo acampamento e muito mais

As saídas ocorrem todos os dias desde que agendadas no dia anterior, podendo o participante escolher a trilha que preferir e restaurante final. E todo sábado uma aventura está sempre programada e aberta para inscrições.

Circuito de Mountain Bike para os amantes do pedal

Antes de chegar no Horto Florestal existe um circuito criado sob medida para quem gosta de pedalar. O lugar possui dois milhões e 500 mil metros quadrados de área onde 19 trilhas colocam à prova a habilidade dos praticantes de Mountain Bike. Assim é o Zoom Bike Park, que é homologado pelo IMBA, sigla da associação internacional que representa a modalidade.

Circuito de Mountain Bike do Zoom Bike Park - Campos do Jordão
Circuito de Mountain Bike do Zoom Bike Park – Campos do Jordão

São quatro níveis de dificuldade: Verde: fácil/médio ; Azul: médio/difícil ; Vermelho: difícil ; Preto: extremamente difícil. Como as trilhas foram construídas sem nenhum impacto ambiental, os ciclistas são orientados a evitar freadas bruscas para não cavar o solo gerando erosões. Todas também são demarcadas, inclusive algumas contam com minas de água pura e cristalina. Em quatro anos de existência, cerca de 17 mil pessoas já pedalaram no Zoom Bike Park, que possui uma equipe de quatro socorristas para qualquer eventualidade.

Estes são apenas alguns exemplos de um infinito leque de atividades que o ecossistema de Campos do Jordão proporciona. A vocação para o Ecoturismo é evidente em cada pedacinho dos 290 quilômetros quadrados que compõem a área do município. Um estância climática e ecológica onde a natureza é o maior atrativo. Venha conhecer e se encantar com as maravilhas da montanha magnífica.

 

This post will expire on Thursday February 13th, 2020 – 9:57pm.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Jornalista. Um incansável contador de histórias!