Toriba Musical – Rodolfo Giuliani – Barítono, Antonio Luiz Barker – Piano

Related Post

Quando:
4 de janeiro de 2020@19:00
2020-01-04T19:00:00-03:00
2020-01-04T19:15:00-03:00
Onde:
Hotel Toriba
Campos do Jordão - SP
Contato:
Hotel Toriba
(12) 3668-5000

 

Consagrado pelo público e pela crítica especializada por suas intensas interpretações de Nabucco, Rigoletto e Giorgio Germont em teatros de ópera dentro e fora do Brasil, Rodolfo Giugliani é um dos raros barítonos autenticamente verdianos surgidos nos últimos anos. Apoiada em técnica excelente, sua voz de timbre escuro, aveludada e densa, é dotada de duas oitavas completas, atingindo agudos extremos com facilidade e correndo livremente pelo recinto do teatro, com emissão generosa e grande volume.

Rodolfo Giugliani, nascido em São Paulo, foi aluno do renomado tenor Benito Maresca e aperfeiçoou seus estudos musicais com o maestro Mário Valério Zaccaro. No ano 2000, após vencer o Concurso de Canto Aldo Baldin em Florianópolis, Giugliani estreou na cena lírica naquela cidade, como Giorgio Germont em La Traviata. Ao longo dos anos seguiram-se outros primeiros prêmios: além de vencer mais três edições do Concurso Aldo Baldin, foi o primeiro colocado no Concurso Internacional de Canto Maria Callas (São Paulo), no Concurso de Canto Bidu Sayão (Belém-PA),
Concurso de Canto Vozes do Brasil (Rio de Janeiro) e o Concurso Internacional de Canto Jaume Aragall (Barcelona, Espanha). Em 2016, sua interpretação do personagem Iberê, na ópera Lo Schiavo de Carlos Gomes encenada no Theatro Municipal do Rio de Janeiro lhe valeu o prêmio A.P.C.A como o melhor cantor lírico daquele ano.

Um momento significativo na carreira de Giugliani foi sua participação, em 2017, do concerto lírico Klassik in den Alpen, em Viena, quando dividiu o palco com a renomada mezzo-soprano letã Elīna Garanča.

P R O G R A M A

  • ‘O Sole Mio (Eduardo di Capua, Alfredo Mazzuchi e Giovanni Capurro)
  • Occhi di fata (Luigi Denza)
  • ‘A Vucchella (Paolo Tosti)
  • Core ‘ngrato (Salvatore Cardillo e Riccardo Cordiferro)
  • Vaghissima sembianza (Stefano Donaudy)
  • La Strada nel Bosco (Cesare Andrea Bixio, Ermenegildo Rusconi e Nicola “Nisa” Salerno)
  • Incantessimo (Dino Olivieri e Piero “Deani” Leonardi)
  • Al Di Là (Carlo Donida e Giulio “Mogol” Rapetti)
  • Tre sbirri, una carrozza (Giacomo Puccini, ópera Tosca)
  • Di Provenza il mar, il suol (Giuseppe Verdi, ópera La traviata)
  • Era un tramonto d’oro… (de Carlos Gomes, ópera Colombo)
  • Amigos Para Siempre (Friends for Life) – (Andrew Lloyd Webber e Don Black)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Fundador do Guiacampos.com, apaixonado por Campos do Jordão.