Governo de SP autoriza repasses de R$ 202,2 milhões para 70 cidades turísticas

Campos do Jordão está contemplada podendo receber R$ 2.791.670,17

O Governador João Doria autorizou nesta quinta-feira (5) a assinatura de convênios para obras e melhoria de infraestrutura em 70 estâncias turísticas, totalizando R$ 202,2 milhões, o maior valor dos últimos cinco anos. O Vice-Governador e Secretário de Governo Rodrigo Garcia também participou do anúncio no município de Serra Negra, durante encontro com prefeitos.

“Vamos concentrar nossa atenção presente e, principalmente, no futuro. E o futuro está no turismo. Esse investimento que está aqui vai retornar em viajantes, consumidores, alegria, esperança, felicidade, geração de renda e oportunidades para todas essas cidades”, afirmou o Governador.

As estâncias turísticas estão entre os principais destinos de viagens de lazer no estado. Distribuídas por todas as regiões, elas compõem uma oferta que inclui praias, patrimônio histórico e cultural, reservas naturais e serras.

“Muita coisa mudou na nossa vida com a pandemia e ao longo dela, mas em algumas nós reforçamos nossas convicções. E o turismo será fundamental para a retomada econômica de São Paulo e paga a geração de emprego e renda. São Paulo tem tudo e é para todos”, acrescentou Garcia.

Durante a solenidade desta quarta, a Secretaria de Estado de Turismo e Viagens também lançou duas novas iniciativas para fomentar o setor. O Governo de SP firmou um convênio com o Sebrae-SP (Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas) para capacitar empreendedores do turismo de ecoaventura e fez o lançamento do projeto de Turismo Náutico.

O convênio com o Sebrae-SP vai promover a cultura da qualidade, a gestão da segurança e a competitividade das empresas de ecoaventura em mais de 200 municípios. O objetivo é fortalecer o setor em polos como o Vale do Ribeira e o Pontal do Paranapanema.

“Os convênios irão potencializar a vocação das nossas estâncias turísticas, estimulando a retomada econômica por meio do consumo doméstico de viagens”, disse o Secretário de Turismo e Viagens, Vinicius Lummertz.

Os empreendedores vão participar de seminários para compartilhamento de normas técnicas do setor, capacitação em gestão e empreendedorismo, consultoria para micro e pequenas empresas e auditorias para certificação em gestão da segurança do turismo de aventura. O primeiro encontro promovido por Governo do Estado e Sebrae-SP deve acontecer no próximo dia 18, na capital.

Já o projeto de Turismo Náutico é dividido em duas iniciativas: uma cartilha que detalha as estruturas que podem ser implantadas em rios, represas e cidades litorâneas, e um passo a passo disponível no portal de Melhores Práticas no Turismo (www.melhorespraticasturismo.com.br/). São Paulo tem 630 quilômetros de costa marítima, cerca de 4,2 mil quilômetros de rios navegáveis e mais de 50 lagos e represas com potencial turístico.

Fundador do Guiacampos.com, apaixonado por Campos do Jordão.

Fundação Lia Maria Aguiar realiza palestra, online e grátis, com Marcos Piangers

Museu Felicia Leirner - Campos do Jordão

Dia dos Pais: Museu Felícia Leirner e Auditório Claudio Santoro promovem atividades