Como preparar a lancheira para as crianças. Sugestões Criativas!

Início do ano, volta às aulas, e junto vem aquela dúvida: como montar uma lancheira saudável para os filhos? O Senac Taubaté trouxe informações valiosas que podem ajudar os pais ou cuidadores a prepararem lancheiras saudáveis, com variedade de alimentos e muita criatividade, deixando os lanches atrativos aos pequenos.

Primeiro é importante entender que para cada etapa da infância, há diferentes necessidades nutricionais, principalmente no que diz respeito ao requerimento energético. “Crianças menores de cinco anos tendem a ser mais ativas, portanto requerem mais energia. Já quando falamos das vitaminas e dos minerais, o requerimento em todas as fases é de extrema importância e são calculados de acordo com o sexo e a idade da criança ou adolescente”, explica Enisângela de Jesus Alves Silva, docente da área de nutrição do Senac Taubaté.

A docente diz que é importante lembrar que o lanche feito durante o período da escola contempla apenas uma pequena parcela da necessidade diária de nutrientes e por isso não deve substituir refeições como almoço ou jantar, por exemplo.

“Todos os grupos alimentares são necessários e tem papel fundamental no desenvolvimento dos pequenos, principalmente no período de aprendizado escolar. diz a especialista”

Alimentos energéticos

Alimentos energéticos, como os pães, por exemplo, até mesmo em função da perecividade, são os mais indicados como fonte de energia. “Mas dê preferência aos integrais, pois oferecem o fator de proteção, como chamamos as fibras, e uma quantidade de vitaminas e minerais muito maior”.

Ricos em proteínas

Os alimentos ricos em proteína possuem a denominação de construtores, pois oferecem suporte ao organismo no que diz respeito ao crescimento e auxílio no desenvolvimento dos tecidos e órgãos. “Os laticínios, como queijos brancos, iogurtes e requeijão, e também o peito de peru, além de ricos em proteína, oferecem um aporte de cálcio, mineral muito necessário nesta fase da vida. Porém, vale a atenção na forma de acondicionamento em temperaturas adequadas. Lancheiras térmicas são as melhores opções”.

Vitaminas e minerais

As vitaminas e minerais podem ser consumidas por meio das frutas, tanto in natura quanto em sucos naturais, sem a adição de açúcar. Os sucos não devem ser preparados com muita antecedência para que seus nutrientes não sofram a ação do oxigênio a ponto de prejudicar sua qualidade nutricional.

Ao preparar as lancheiras…

Dê preferência a produtos frescos e de origem segura. A intoxicação alimentar ainda acomete muitas crianças, principalmente as menores de cinco anos. O controle de qualidade em relação à alimentos que necessitam de refrigeração, deve ser levado a sério. Intoxicação alimentar pode causar desde 24 horas de mal-estar até um óbito. Por isso, muito cuidado”.

Praticidade e falta de tempo x erros fatais

Os erros mais cometidos acontecem em função da praticidade e falta de tempo dos pais ou cuidadores. Se na escola não há a possibilidade de refrigerar o lanche, caso haja a necessidade, evite produtos refrigerados. “E frituras, jamais! Não tem nenhuma relação com um lanche que deverá acontecer no intervalo das principais refeições”.

Para beber

O mais indicado são os sucos de frutas naturais. Devem ser preparados minutos antes da criança sair e, de preferência, acondicionados sob refrigeração.

Como diversificar o cardápio?

É importante que os pais ou cuidadores estabeleçam um cardápio semanal e envolva a criança nesta escolha. “Sugiro até que fique afixado na porta da geladeira, o que também ajuda no planejamento da família em relação a compras e tempo necessário para o preparo de cada refeição. Desta maneira, não terão imprevistos e diminui a facilidade e tentação em colocar qualquer coisa na lancheira”.

3 dicas de cardápio criativo, que não pesam no bolso e as crianças podem amar

Crianças são seres lúdicos, tudo que envolve a imaginação, vale muito nesta hora. Mas não esqueça de ficar atento a necessidade ou não de refrigeração.

Primeiro dia: sanduíche integral com patê de ricota temperada, cenoura ralada e suco de laranja natural.

Segundo dia: espetinho de frutas (morango, uva e banana) e iogurte com granola.

Terceiro dia: chips de batata doce e suco de limão.

Quer saber mais?

Para quem está interessado em aprender um pouco mais sobre nutrição, cuidado com os alimentos, gastronomia, criatividade na cozinha, entre outras dicas bem legais, o Senac Taubaté disponibiliza em sua programação, inúmeros cursos nestas áreas.

Para mais informações, entre em contato com o Senac Taubaté pelo telefone (12) 2125-6099, pessoalmente na unidade ou acessando o site www.sp.senac.br/taubate.

Leia também: Esportes recomendados para crianças e adolescentes.

 

 

This post will expire on Friday February 19th, 2016 – 11:52am.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Jornalista diplomada, Assessora de Imprensa e mantem o conteúdo sobre moda, saúde e beleza.