Monumento em homenagem as vítimas do acidente de Alcântara é Inaugurado

Familiares e autoridades se reúnem para a entrega do monumento que relembra a tragédia ocorrida há duas décadas no Centro de Lançamento de Alcântara.

A cidade de São José dos Campos viveu um momento emocionante nesta terça-feira (22) com a inauguração do monumento em homenagem às 21 vítimas do acidente no Centro de Lançamento de Alcântara, no Maranhão, que ocorreu há 20 anos. A cerimônia, realizada na praça Heróis de Alcântara, no Jardim da Granja, contou com a presença de familiares das vítimas e de importantes autoridades militares e civis.

O memorial, construído pela Prefeitura de São José dos Campos, torna-se um símbolo de lembrança e respeito às vidas perdidas. Durante a cerimônia de entrega, o tenente-brigadeiro-do-ar e diretor-geral do DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial), Maurício Augusto Silveira de Medeiros, expressou sua gratidão pela dedicação desses profissionais e afirmou que o programa espacial brasileiro continua avançando graças ao legado deixado por eles.

O monumento, composto por uma base de concreto de seis metros de diâmetro, traz placas representativas dos órgãos envolvidos no programa espacial, assim como uma placa com o nome de todas as vítimas. Durante o evento, os familiares receberam medalhas honoríficas como forma de reconhecimento pela sua ligação com esse importante momento da história espacial brasileira.

Doris Maciel Cezarini, representante da comissão dos familiares, expressou sua gratidão pelo monumento erguido em memória das vítimas. Ela enfatizou a importância de nunca esquecer o trabalho significativo que cada uma dessas pessoas estava realizando. “Eles estavam tão perto da conquista da soberania brasileira no lançamento de satélites e isso vale sempre ressaltar”, declarou.

O monumento não apenas presta homenagem às vítimas, mas também ressalta a continuidade do programa espacial brasileiro. O monumento está situado sobre uma base que abriga placas institucionais e ao seu lado se encontra um protótipo de foguete lançador de Satélite montado pelo DCTA, reforçando o compromisso contínuo com a exploração espacial.

O acidente que ocorreu há 20 anos durante os preparativos para o lançamento do terceiro protótipo do Veículo Lançador de Satélites do Programa Espacial Brasileiro deixou um legado de comprometimento e determinação, sendo lembrado com respeito e saudade através deste monumento que agora se torna parte da paisagem da cidade.

Câmara Municipal de Taubaté alvança na criação da ‘Loteria Taubateana’ para impulsionar recursos

Campos do Jordão promove “Semana Saúde na Escola” para rede pública de ensino