Numa vitória da população, dois anos e meio após ser abraçado, Parque do Cedros começa a ser revitalizado

Parque dos Cedro - Foto Paulo Lobo

Foto: Paulo Lobo

Dois anos e seis meses após ser abraçado simbolicamente pela população de Campos do Jordão, através de um movimento liderados pelos Escoteiros e com apoio da AMECampos – Associação dos Amigos de Campos do Jordão, Polícia Militar e diversas outras organizações da sociedade civil, o Parque dos Cedros começou nessa semana a passar pelo processo de Reurbanização.

As cessões de espaços no parque que haviam sido feitas à organizações foram revogadas pela Câmara dos Vereadores há alguns meses, com exceção do que já tinha sido edificado como a Sede do Grupo de Escoteiros e da ACE – Associação Comercial de Campos do Jordão.

O projeto prevê no espaço um parque infantil com balanços, gangorras, escorregadores, além de outros brinquedos. Uma academia ao ar livre será instalada e haverá ainda um local que será reservado para uma pista de bicicross para iniciantes que será construída futuramente. e segundo o Secretário Adjunto de Serviços Públicos Tadeu Sales o Espaço será um parque gramado e feito para a população.

Revitalização do Parque dos Cedros
Projeto de Revitalização do Parque dos Cedros

Serão instalados ainda bancos de concreto, visando facilitar e promover o uso do local.

O parque foi implantado entre o final da década de 1910 e inícios dos anos 20. O nome é uma referência aos Cedros abundantes na praça. Algumas destas árvores serão plantadas novamente e as demais receberão um cuidado especial.

Segundo José Gonçalves, morador vizinho ao Parque, “A área pertencia à G.Lunardelli S/A, antiga proprietária da atual Chácara Campos do Jordão, hoje de herdeiros de Jayme Watt Longo, vizinha do Parque, cuja empresa a transferiu para a Sra. Gessy Loeb. Inicialmente denominado Parque Gessy Loeb, posteriormente Parque dos Cedros e durante um certo período Parque São Francisco, voltando a se chamar Parque dos Cedros. Durante muitos anos foi local de lazer e pratica esportiva, cercada, com brinquedos e espaço para caminhadas. Me lembro muito bem dos monitores, Sr. Toninho Guedes, Dna Antonia, carinhosamente chamada de “Dna Antônia do Parque”, Cristina Rios e o Sr. Jagobo. Por um bom tempo o Parque ficou abandonado à merce de vândalos, ponto de drogas e atos imorais.”

Nota do Editor

Talvez seja essa a maior vitória da população de Campos do Jordão no que tange a espaços públicos e áreas verdes e o mérito é indiscutivelmente dessa população que se manifestou de forma organizada e pacífica, ainda antes das ultimas eleições (outubro de 2012) e com isso chamou atenção das autoridades. O Ministério Público também fez a parte dele, embargando as obras até que a solução ideal surgisse.

 

 

This post will expire on Tuesday May 12th, 2015 – 3:18pm.

Fundador do Guiacampos.com, apaixonado por Campos do Jordão.

Campos do Jordão receberá evento do mercado cinematográfico no próximo fim de semana

Mapa Cultural Paulista está com inscrições abertas para fase municipal.