Crianças e Jovens de escolas do Vale e Serra da Mantiqueira recebem espetáculo do Circo Amarillo

A apresentação gratuita será em 4 unidades educacionais, sendo que em duas delas acontecerão oficinas de palhaçaria para despertar o interesse para a arte do palhaço

Circo Amarillo
Circo Amarillo

O respeitável público desta vez será exclusivo para crianças e jovens de unidades escolares. O projeto “Experimento Circo” traz espetáculos e oficinas de palhaçarias para escolas municipais do Vale do Paraíba e Serra da Mantiqueira, nos dias 22, 23 e 27 e 28 de fevereiro.

Através do financiamento do PROAC, da Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Estado, o grupo passará pelas cidades de São José dos Campos, São Luiz do Paraitinga, Monteiro Lobato e Campos do Jordão. No centro do picadeiro os palhaços Marcelo Lujan e Pablo Nordio, com seus quase 30 anos de experiência, exploram a linguagem circense em brincadeiras do circo de rua, garantindo ao público escolar surpresas, humor, cumplicidade e interação.

Marcelo e Pablo também serão responsáveis, em duas das escolas, em promover oficinas de palhaçaria.

“Por meio de conversas e exercícios com os alunos iremos passar práticas que possam iniciar ou despertar o interesse para a arte do palhaço”, comentou Marcelo Lujan.

São José dos Campos, no dia 22 de fevereiro, abre o projeto “Experimento Circo” na Fundhas, com espetáculos em dois horários. Na parte da tarde será realizada a oficina. O mesmo acontecerá na EMEIEF Cassiana dos Santos Moreira, em São Luiz do Paraitinga, no dia 23 de fevereiro.

No dia 27 de fevereiro, a apresentação será em Monteiro Lobato, no Instituto Pandavas, em dois períodos. E no dia 28 de fevereiro, é a vez de Campos do Jordão ter o circo para os alunos da EM Domingos Jaguaribe, na parte da manhã e tarde.

Confira a programação:

22/02 (quinta)
9h30 e 14h – FUNDHAS – São José dos Campos
15h30 – Oficina de Palhaçaria

23/02(sexta)
10h e 14h – EMEIEF Cassiana dos Santos Moreira – São Luiz do Paraitinga
15h30 – Oficina de Palhaçaria

27/02(quinta)
10h e 14h – Instituto Pandavas – Monteiro Lobato

28/02(sexta)
10h e 14h – EM Domingos Jaguaribe – Campos do Jordão

O Circo Amarillo

O grupo Circo Amarillo foi criado em 1997 e tem por objetivo a criação de espetáculos que apresentam técnicas tradicionais de circo combinadas com linguagens artísticas contemporâneas. Possui atualmente dois espetáculos: Experimento Circo, baseado no formato do circo tradicional de rua e Clake, com direção original do ator falecido, Domingos Montagner que valoriza a arte do palhaço e a comicidade popular com duplas cômicas.

Com o apoio do PROAC e com patrocínios Te Conectivy e Eucatex desde 2012 já realizou diversos espetáculos por cidades do Estado de São Paulo com espetáculos na Estrada, Sem Concerto e Experimento Circo. Participou do Projeto Viagem Teatral do Sesi com 34 apresentações do espetáculo Sem Concerto por 17 cidades do estado de São Paulo.

O grupo realizou uma circulação pela Argentina com o espetáculo Experimento Circo, se apresentando nas cidades: Carpinteria, Merlo, Achiras, Cosquin, Villa Giardino, Villa Carlos Paz, Villa del Dique, Sta Rosa de Calamuchita, Villa Yacanto, Villa Rumipal, Emblase e Rio tercero.

No final de 2011, o grupo participou do Projeto Serafim promovido pelo SESC Santa Catarina, apresentando o espetáculo Experimento Circo nas cidades: Joinville, São Bento do Sul, Jaraguá do Sul, Blumenau, Brusque, Itajaí, Rio do Sul, Florianópolis, Laguna, Criciúma e Tubarão. O espetáculo Experimento Circo também fez parte da programação do Circuito Cultural Paulista, do evento Cultura Livre SP e realizou uma temporada no Teatro União Cultural em São Paulo.

Neste ano também, o Circo Amarillo participou da Virada Cultural, em São Paulo e em Presidente Prudente. O mesmo espetáculo integrou a programação do projeto Teatro nos Parques. Em 2010, foi uma das atrações no Circuito Sesc de Artes realizado no interior de São Paulo.

Em 2009, apresentou o espetáculo Sem Concerto na Virada Cultural Paulista e o mesmo espetáculo foi realizado no 3° Festival Curitibano de Circo, em Curitiba (PR). Neste mesmo ano, participou do II Encontro de Palhaços realizado em Assis (SP) com uma intervenção artística. Em 2008, o grupo participou do espetáculo de abertura do Festival Paulista de Circo realizado na cidade de Limeira (SP). Participou do 4° Festival Mundial de Circo do Brasil – edição circulação em parceria com os palhaços Chacovachy (ARG) e Tortell Poltrona (ESP) realizado no interior de Minas Gerais com espetáculo Sem Concerto, realizado na rua.

Neste mesmo ano, apresentou o espetáculo no 6° Festival de Circo de Santo André (SP). Em 2007, estreou o espetáculo “Sem Concerto” no Teatrino Del C. C. Trapalanda na Argentina. No de ano 2005, o espetáculo Experimento Circo foi atração do 3° Festival Mundial de Circo do Brasil realizado em Belo Horizonte (MG) e também do Festival de Circo do Brasil realizado em Recife (PE).

 

Taubaté declara situação de emergência por epidemia de dengue

Prefeito de Pinda condenado à prisão e à perda mandato