Em Campos do Jordão, alunos da rede municipal de ensino sofrem com a falta de transporte

Há alunos que precisam sair de casa às 5h da manhã, para que caminhando, consigam chegar a escola. Outros alunos chegam em casa após às 20h. “Nós sabemos o risco que esses adolescentes e crianças estão correndo”, diz Conselheira Tutelar de Campos do Jordão

Não bastasse o estrago causado pela pandemia na educação de crianças e adolescentes, os alunos da rede municipal de ensino de Campos do Jordão sofrem com a falta transporte. Há crianças que precisam caminhar por horas, desde às 5 da manhã, para chegar a escola. É o que denuncia a reportagem da Rádio Metropolitana veiculada na tarde dessa quarta-feira (29).

Segundo a reportagem da jornalista Gisele Melo, apesar da cidade ter retomado as aulas presenciais, muitos alunos não estão frequentando as escolas, especialmente crianças dos bairros mais distantes.

Walkiria Helena, moradora da Vila Siomara, tem dois filhos e segundo ela, já faz dois anos que as crianças sofrem com a ineficiência do transporte. Já os filhos de Giovana Aparecida, do mesmo bairro, frequentaram a escola por somente 2 semanas durante o segundo semestre.

“Eu não tenho condições de pagar para meus filhos irem de carro. Eu tenho gêmeos, é difícil pra mim.” diz Giovana Aparecida, moradora da Vila Siomara.

Para a reportagem, os moradores informaram já terem denunciado a situação inclusive pelas redes sociais, mas não obtiveram êxito.

Preocupados, os pais procuraram o Conselho Tutelar, que alega ter tido conversas com diretores da escola que demonstram preocupação.

“Já está tendo evasão escolar pelo motivo de não haver transporte” Diz Eliza Rachid Soares do Conselho Tutelar de Campos do Jordão

Crianças e adolescentes de Campos do Jordão em risco

Segundo a conselheira Eliza Rachid Soares, o problema vai além. A conselheira diz que já foi encaminhado oficio ao Prefeito Municipal Marcelo Padovan, pois a situação é bastante grave, uma vez que há alunos que precisam sair de casa as 5h da manhã, para que caminhando, consigam chegar a escola. Outros alunos chegam em casa após as 20h.

“Nós sabemos o risco que esses adolescentes e crianças estão correndo”. Diz Eliza Rachid Soares

Ainda segundo a reportagem, a prefeitura informou em nota que não tem débitos com a concessionaria de transporte, e que desde o início da pandemia, devido a queda no número de passageiros, a prefeitura já realizou socorros emergenciais à concessionária de transporte.

Redação do portal Guiacampos.com - Campos do Jordão na Internet

Campos do Jordão terá novo empreendimento hoteleiro de grande porte inaugurado em 2023

Missas, carreata e muita fé neste final de semana da padroeira de Campos do Jordão