Exposição de Silvia Maia é destaque no centro cultural de Taubaté

A visitação pode ser feita somente até dia 12 de maio

O Centro Cultural de Taubaté está recebendo a mostra “Olhares, traços e memórias afetivas”,  da artista plástica Silvia Maia, na Galeria Mestre Justino. A visitação pode ser feita até dia 12 de maio.

A mostra conta com 40 telas originais pintadas ao estilo Naif, onde os temas das suas pinturas remetem às memórias da infância vivida em Recife, das expressões populares do Nordeste, das festas religiosas e das danças folclóricas.

O folclore paulista tornou-se outra influência em seu trabalho, depois de encantar-se com as apresentações de grupos e artistas no “Revelando São Paulo”, importante festival de cultura popular tradicional paulista, no qual também expôs e criou suas obras.

Suas pinturas são ricas em cores e traços culturais de herança africana e prometem encantar o público.

O Centro Cultural está localizado na praça Coronel Vitoriano, 01, no centro de Taubaté, com visitação aberta de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30.

A ARTISTA

Silvia Maia é uma renomada artista brasileira nascida em Recife e atualmente domiciliada em Embu das Artes. Psicóloga de formação, ela afirma que a arte ressignificou sua vida. Começou a pintar já numa idade madura e logo se identificou com a arte Naif, por ser espontânea e livre.

Em suas criações, Maia usa muitas cores primárias e alegres, trabalhando contrastes e combinações de uma forma instintiva e de fácil comunicação. “Coloco o meu coração e a minha alma e, assim, alcanço naturalmente a sensibilidade do observador”, afirmou a artista.

Silvinha, como é carinhosamente chamada no meio artístico, coleciona honrarias e premiações, sem nunca perdeu sua essência humilde e cativante. A artista segue produzindo para uma nova exposição no Nordeste do Brasil.

Alexandre Nardoni consegue progressão para regime aberto após 16 Anos de Prisão

Pode faltar arroz: Enchentes no Rio Grande do Sul geram preocupações sobre o abastecimento do grão