Museu sedia premiação de Direitos Humanos

Comemorado desde 1950, o dia internacional dos Direitos Humanos, 10 de dezembro, marca oficialização da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Acontece nesta quinta-feira (15), às 19 horas, no Museu Histórico e Pedagógico Dom Pedro I e Dona Leopoldina, a entrega do 1º Prêmio Direitos Humanos, da OAB de Pindamonhangaba.

Comemorado desde 1950, o dia internacional dos Direitos Humanos, o dia 10 de dezembro marca oficialização da Declaração Universal dos Direitos Humanos pela Organização das Nações Unidas. Em celebração a esse dia, foi pensada e organizada pela Comissão de Direitos Humanos da 52ª subseção da OAB – Pindamonhangaba essa premiação. “A ideia é de contemplar instituições, pessoas, personalidades, agentes públicos que atuam em prol e em defesa dos Direitos Humanos e incentivar tais atitudes”, comenta a presidente da comissão Sthela Freire.
O 1º prêmio Direitos Humanos está dividido em 08 categorias: Direitos Humanos na Educação/Entidades, Cultura, Empreendedorismo, Educação e Direitos/Persona, Ato Político em prol dos Direitos Humanos, Personalidade/uma voz que inspira, Agente Público e Direitos Humanos/Projetos Sociais.
“Mesmo completando 72 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, ainda se faz necessária a divulgação dos direitos e emergencial a necessidade de reivindicar outros tantos ainda não garantidos pelo Estado e pela sociedade”, completa a presidente Sthela. “O prêmio também é para chamar a atenção da sociedade para pautas humanitárias e projetos sociais”.
Todos são convidados a votar. A votação estará aberta até às 15 horas do dia 15/12 e para fazê-la acesse: https://forms.gle/d8hvEx57xmD4UcuY9

This post will expire on Thursday December 15th, 2022 – 9:29pm.

Santo Antônio do Pinhal tem presépio mecanizado

Com taxas menores, aeroporto de São José dos Campos quer atrair mais voos