Opinião: A Campos do Jordão que eu amo

A Campos do Jordão que eu amo é um lugar que habita não apenas na minha memória de infância, mas também no coração de todos os adultos que tiveram o privilégio de conhecer suas maravilhas. E não é difícil entender por quê.

Foto: Tadeu Sales

Na Campos do Jordão que eu amo, há o reconfortante cheiro da garra de pinheiro queimando para acender a lareira e afastar o frio que o outono já traz consigo. Aqui em Campos do Jordão, é uma estação onde as cores da flora se destacam de forma única, contrastando com o céu azul intenso. Há quem diga que é a estação mais bonita do ano para essa cidade no alto da Mantiqueira, eu concordo.

É na Campos do Jordão que eu amo que o inverno se revela em toda sua beleza, com gramados brancos da geada, mas só pra quem acorda cedo, e noites movimentadas com a chegada de turistas que se encantam. E quando o Festival de Inverno mostra que não apenas a natureza, mas também a cultura é linda nessas terras.

Mas a verdadeira essência da Campos do Jordão que eu amo está em seu povo acolhedor, que é sofrido, que recebe menos que merece, mas que encanta os visitantes com calor humano incomparável. É um lugar onde todos se sentem bem-vindos e desejam voltar.

Na primavera, a Campos do Jordão que eu amo se revela exuberante, com a explosão de cores da flora nativa que adorna a paisagem, como um presente divino que é.

E mesmo no verão, a Campos do Jordão que eu amo ainda oferece o frescor do ar da montanha, permitindo que se respire profundamente e se desfrute de um edredom ou cobertor em algumas noites mais frescas.

Esta é a Campos do Jordão que eu amo – um lugar de beleza incomparável, calor humano e experiências inesquecíveis em todas as estações do ano.

A Campos do Jordão que eu amo é a jóia do alto da Serra. Jóia rara!

29 de Abril de 2024 – 150 anos de Campos do Jordão.

 

Ricardo M. S. Gonçalves
Fundador do Guiacampos.com e um dos
apaixonados por Campos do Jordão. 

Abertas Inscrições para o Núcleo Pedagógico do 54º Festival de Inverno de Campos do Jordão

Opinião: Eu, Campos do Jordão.