Opinião: Esse artigo não será lido imediatamente pelas pessoas das quais ele fala

Este artigo provavelmente não será lido de imediato pelas pessoas das quais ele fala, pois elas estarão ocupadas demais nos próximos dias, que integram o feriado prolongado de Corpus Christi. As pessoas das quais esse artigo fala, neste momento estão focadas integralmente em seus hóspedes, clientes, na limpeza e na segurança, todas empenhadas em promover as melhores experiências possíveis para os visitantes de Campos do Jordão. No feriado de Corpus Christi, a correria é intensa para quem faz o turismo acontecer em Campos do Jordão.

Do gari ao maître, do recepcionista ao mordomo, do segurança a cabeleireira e do funcionário público ao empreendedor. Todos focados e mergulhados no trabalho. O turismo é assim mesmo: por trás do glamour, das experiências inesquecíveis e do grande tráfego de helicópteros chegando à cidade, há profissionais dedicados servindo a melhor bebida e elaborando os melhores pratos.

Há também aqueles que se tornam profissionais do turismo, mesmo não o sendo durante o resto do ano. Um leque de oportunidades se apresenta, e quem pode, aproveita. O aposentado que converte sua casa em um Airbnb para complementar sua renda, por exemplo, alimenta toda uma cadeia profissional ao chamar uma faxineira, um jardineiro e outros profissionais.

Esses trabalhadores são a espinha dorsal do turismo em Campos do Jordão.

É graças ao empenho desses profissionais que os visitantes podem desfrutar de momentos especiais, seja em um restaurante requintado, um hotel acolhedor ou uma atração turística bem cuidada. Cada detalhe da experiência do turista é fruto do esforço e da dedicação desses profissionais.

No feriado de Corpus Christi, enquanto muitos aproveitam para relaxar e se divertir, e isso é ótimo, os profissionais do turismo estão na linha de frente, garantindo que tudo funcione. Eles merecem nosso reconhecimento e gratidão, pois são eles que fazem de Campos do Jordão um destino tão especial.

Portanto, ao desfrutar da hospitalidade e das belezas do alto da serra, lembre-se dos muitos trabalhadores que tornam essas experiências possíveis. Seu trabalho árduo é a força que mantém o turismo vibrante e acolhedor em nossa querida cidade.

 

Ricardo M. S. Gonçalves
Fundador do Guiacampos.com e um dos
apaixonados por Campos do Jordão. 

Geada: O Frio chegou junto com o feriado e fez a Alegria dos turistas em Campos do Jordão

Feriado prolongado no Parque da Lagoinha traz atrações imperdíveis em Campos do Jordão