Pizzaiolo da região é reconhecido entre os melhores do mundo

Apenas dois profissionais brasileiros foram agraciados com essa honra.

No último final de semana, um pizzaiolo residente de Guaratinguetá, cidade localizada no interior de São Paulo, conquistou o título de um dos 100 melhores chefes pizzaiolos do mundo em uma prestigiosa premiação internacional. Apenas dois profissionais brasileiros foram agraciados com essa honra.

Daniele Branca, com 41 anos de idade, alcançou a impressionante 79ª colocação nesse ranking. Originário de Salermo, na Itália, Daniele escolheu o Brasil como seu lar há 18 anos e se estabeleceu em Guaratinguetá, onde é o proprietário de uma forneria.

Conhecido carinhosamente como “Dani”, o pizzaiolo é formado em gastronomia e sua jornada o trouxe ao Brasil para seguir sua paixão pela arte de fazer pizza. Ao receber esse título prestigioso, ele não conseguiu conter a emoção.

“Não sabíamos se estaríamos na lista ou não, mas a simples indicação já era emocionante. Quando os resultados foram divulgados, estávamos em casa, minha esposa e meus filhos, e a emoção foi indescritível”, compartilhou Dani.

A conquista de Daniele Branca aconteceu no “The Best Pizza Awards 2023”, promovido pela renomada The Best Chef. Cerca de 200 pessoas foram selecionadas como jurados, e o processo envolveu visitas secretas aos estabelecimentos, com os jurados se passando por clientes comuns, sem revelar sua identidade.

Após degustar as pizzas, os jurados avaliaram diversos critérios para selecionar os 100 melhores pizzaiolos que conseguem harmonizar técnica e sabor.

A lista dos vencedores foi publicada recentemente. Além de Dani, outro profissional brasileiro, Matheus Ramos, que atua na capital paulista, conquistou a 67ª colocação, tornando-os os únicos representantes do Brasil nesse prestigiado ranking.

Daniele Branca compartilhou sua missão de tornar o consumo de pizza no Brasil mais parecido com o estilo italiano, onde a pizza é parte integrante da dieta diária dos italianos, não apenas uma iguaria reservada para ocasiões especiais.

“No Brasil, muitas vezes, a pizza é vista como uma refeição pesada, mas na Itália não é assim. Lá, há um respeito pelos ingredientes e uma dieta equilibrada. Minha ideia foi trazer para a forneria pizzas saudáveis, com ingredientes de qualidade e massas leves, buscando o equilíbrio perfeito entre a massa e a cobertura, minimizando o uso de ingredientes industrializados”, explicou o talentoso pizzaiolo.

Sabesp modifica sistema de atendimento telefônico e facilita acesso do cliente a serviços

Vale do Paraíba, Mantiqueira e Litoral Norte recebem apresentações gratuitas de teatro