Policia Federal prende suspeito de armazenar e compartilhar arquivos de violência sexual infantojuvenil em Campos do Jordão

Na manhã desta terça-feira, 16/1, a Polícia Federal cumpriu dois mandados de busca e apreensão com o objetivo de reprimir o compartilhamento e posse de mídias (fotos/vídeos) com conteúdo de abuso e exploração sexual infantojuvenil.

Por Cláudio Borges – Foto Policia Federal

Policiais federais cumpriram o mandado expedido pela 2ª Vara Federal de Taubaté/SP, em dois locais da cidade de Campos do Jordão/SP, uma residência e um estabelecimento comercial.

De acordo com as investigações, o suspeito, de 30 anos, desde abril de 2022 já baixou e compartilhou cerca de centenas de milhares de arquivos de fotos e vídeos com conteúdo de abuso e exploração infantojuvenil. Durante as diligências, ele foi preso em flagrante, pois foram localizados em seu poder arquivos com conteúdo de exploração sexual envolvendo criança ou adolescente.

Os policiais apreenderam equipamentos e dispositivos eletrônicos do suspeito, que serão submetidos à perícia técnica criminal, para continuidade da investigação.

Além disso, foi localizada e apreendida porção de substância entorpecente, aparentemente maconha, cultivada pelo suspeito no local para seu consumo pessoal.

O homem responderá criminalmente por armazenar e compartilhar na internet vídeos e fotos que contenham cena de abuso e exploração sexual envolvendo menores de idade, crimes cujas penas podem chegar a 10 anos de prisão. Também será imputado a ele o delito de posse de drogas para consumo pessoal.

Importante destacar que esta é a primeira operação policial logo após a alteração da legislação, onde a Lei nº 14.811 de 12 de janeiro de 2024 passou a considerar esse tipo de crime como crime hediondo e, portanto, inafiançável

Explorando os caminhos da história: Trekking nos trilhos da Estrada de Ferro Campos do Jordão

’Ferias na Piscina’ é sucesso e dezenas de crianças comparecem